Pular para o conteúdo

TREINADORES: “Falso acordo,é desonesto com a própria profissão” .

“O Sitrefesp (Sindicato dos Treinadores de Futebol do Estado de São Paulo) faz um alerta na nova onda de acordos que os treinadores têm feito em suas saídas dos clubes.

Com a regra de que a agremiação só pode demitir dois técnicos por temporada, os profissionais precisam de atenção  aos acordos em suas saídas, para que não percam a força como classe e nas suas conquistas fora de campo.

Importante que os treinadores entendam que, se demitidos, não aceitem sair como comum acordo.

Se enfraquecem como classe e nos direitos trabalhistas que eles têm.

É desonesto com a própria profissão.

A troca limitada do comando das equipes foi uma conquista e, neste momento, parece virar contra o próprio treinador.

A proposta do Sindicato é de conscientização, para que o técnico volte a ocupar espaço de respeito dentro do clube.

Já fomos a primeira força dentro de um clube, hoje não somos nem a quarta.

Precisamos acertar esse jogo”.

A mensagem enviada pelo presidente do SITREFESP, Emilio Miranda.

Comentários

comments