Pular para o conteúdo

PORTUGAL é o sexto exportador de treinadores. Argentina lidera o “ranking” .

 

Portugal é o sexto país com mais treinadores de futebol trabalhando no exterior.

Esse levantamento tem pouco mais de um ano e não deve ter sofrido uma alteração relevante.

Os pesquisadores de uma instituição suíça, avaliaram 110 campeonatos de 79 países e naquele momento encontraram 25 treinadores portugueses trabalhando pelo mundo.

Na época, por exemplo,Paulo Sousa trabalhava na França,Mourinho na Inglaterra, Abel Ferreira na Grécia, Jorge Jesus no Flamengo, Paulo Fonseca na Itália, Luiz Castro na Ucrânia ,Vitor Pereira na China.

O líder no ranking de exportador de treinador é o futebol argentino.

Naquele instante 68 hermanos estavam trabalhando em 22 países, seguidos de espanhóis e sérvios .

É nítido o interesse dos clubes brasileiros pelos treinadores portugueses, há quem diga que eles são os melhores do mundo., mas em Portugal os professores continuam sendo os culpados quando os times não vencem .

São muitas as demissões.

O jornalista David Pereira -faz menos de um ano escreveu que Portugal despede mais treinadores do que as principais ligas europeias .

No dia na publicação, já tinham ocorrido 12 mudanças de técnicos em 22 rodadas, mais do que a Premier League e Liga Espanholajuntas.

Trabalhar na Premier League é o “sonho” de todo treinador .

De Portugal, Mourinho, Marco Silva , André Vilas-Boas, Nuno Espírito Santo e Carlos Carvalhal realizaram esse objetivo profissional.

Faz duas semanas, o treinador Vitor Pereira esperava ser contratado pelo Everton, mas o clube inglês preferiu Frank Lampard.

 

 

Comentários

comments