Pular para o conteúdo

COVID: CBF DIZ QUE “OS CLUBES DEVEM CUIDAR DOS SEUS”. TEM RAZÃO.

São vários os jogadores com COVID nas equipes que disputam as competições mais importantes.

Está muito claro, para os especialistas, que não existe um protocolo totalmente eficaz.

Mas, é possível agir com grande cuidado, seguindo as recomendações médicas, para tentar evitar a contaminação.

Lí, no UOL, uma declaração do médico Jorge Pagura, diretor médico da CBF: “Antes, os aeroportos estavam mais vazios, os hotéis que os clubes utilizam estavam mais vazios. Agora não. O país flexibilizou. O contato acaba sendo maior. O que  fazer? Reforçar o que sempre falamos: se cuidem. É preciso manter tudo: utilização de máscara, evitar aglomeração, estar sempre fazendo uso do álcool gel para higienização. Nosso protocolo cuida do campo e arca com a testagem do elenco. Mas quem cuida do restante é o clube. Os clubes precisam cuidar dos seus. Se um jogador sai, vai a algum lugar, frequenta uma festa, não é culpa do protocolo”, completou.

O descumprimento- quase sempre – apontado em  fotos, vídeos, imagens ao vivo e tudo aquilo que a rapidez das redes sociais permite, tem partido da turma da bola, fora do campo de jogo.

Testes e recomendações continuam sendo feitas pelos médicos dos clubes, mas o afrouxamento nos cuidados é flagrante.

Tivemos exemplos recentes, tendo como protagonistas treinadores, jogadores, dirigentes e torcedores.

O médico Jorge Pagura tem razão, os clubes precisam cuidar dos seus, especialmente fora de campo…

Comentários

comments