Pular para o conteúdo

CORRUPÇÃO: Cartola preso na arquibancada .

Como você tem acompanhado, a bandidagem não desiste.

Em todas as áreas ela repete os malfeitos…mas, o assunto aqui é futebol…

Em julho de 2015 a polícia boliviana prendeu Carlos Chavez, presidente da Federação Boliviana de Futebol e tesoureiro da CONMEBOL.

O dirigente foi acusado de corrupção.

As investigações foram iniciadas depois que sete dirigentes, entre eles, José Maria Marin, foram presos no final daquele ano, na Suiça.

Aliás, a direção atual da CONMEBOL anunciou que recuperou R$300 milhões de reais das contas na Suiça ,de Nicolas Leoz e Eduardo De Luca, ex-dirigentes da entidade, falecidos.

Agora, as autoridades bolivianas prenderam o atual presidente da FBF, Marco Rodriguez.

Alguns clubes e o Sindicato dos Jogadores acusaram o dirigente de corrupção e lucros ilegais.

A prisão foi na arquibancada, durante o jogo entre Bolívia (2), Equador (3).

Imagine a cena…

Ele, ao lado de jogadores da seleção boliviana, foi surpreendido com a chegada dos policiais.

Futebol é importante no continente.

Quando alguém assume uma entidade, federação ou confederação, deveria ter todas as certidões existentes de ficha limpa.

A vida financeira passada na peneira, mensalmente.

Sim, eu sei…não é garantia plena.

Mas, com a falta de fiscalização eficiente existente, o cartola corrupto, faz uma festança…

Em La Paz, deve ter sido assim: Marco Rodriguez, teje preso !   *

(* Expressão usada em tempos antigos para dar voz de prisão a uma pessoa)

 

Comentários

comments