Pular para o conteúdo

CÁSSIO , “GIGANTE DE AÇO”

A entrevista de Cássio, depois da vitória sobre o Bahia, me fez lembrar de Renato Russo :
“O que eu mais queria era provar pra todo o mundo que eu não precisava provar nada pra ninguém.”
O assunto foi a violência que ele sofreu quando a delegação desembarcou, derrotada, vindo do Rio de Janeiro.
Mostrou humildade, lembrou da mulher,dos filhos, da família, dos pastores amigos, de todos que trabalham no clube.
De todos eles, recebeu apoio, respeito, admiração.
A imensa maioria da torcida do Corinthians está incluída nisso.
Cássio reafirmou que vai continuar tentando fazer um bom trabalho para o clube.
Com elegância, ressaltou o óbvio :” também sou humano..erro…acerto…” .
Mostrou tristeza e nenhum indício de fúria pela injustiça recebida.
Demostrou saber que ao longa da vida, pessoas desrespeitam e tratam mal.
Em silêncio, perdeu a admiração por aqueles que o fizeram passar por um dos piores momentos da vida.
Cássio deve ter pensado nas horas seguintes “que nós não merecemos esse tipo de constrangimento” .
Ele, o mais experiente jogador do time. Títulos e exibições excelentes.
O objetivo dos agressores foi atingido.
Encabulamento inesquecível.
Uma coisa é definitiva : quem é vítima de injustiça , sai do episódio engrandecido.
Ainda mais…

Comentários

comments