Pular para o conteúdo

“CAIXÃO”” mostrado pelo INTER, confundiu rivalidade com desrespeito.

Jogadores do internacional decidiram levantar “caixões” depois de vencer o Grêmio por um a zero.
A intenção foi mostrar que o adversário estava “morto” e quase oficialmente “rebaixado”.
O ato foi chamado de “gozação” ou “zoeira” para cima de um arquirrival histórico.
Muita coisa mudou nos últimos tempos.
O que era “normal” ou “aceitável” se transformou, em muitos casos, em crime.
Entrou em campo o respeito, a tolerância e o esforço para acabar com piadas ou brincadeiras que desqualificam pessoas .
Quem não concorda, retruca que “esse mimimi destruiu o bom humor…” .
Os “caixões” serviram para a turma do Internacional zombar com a situação atual do Grêmio na classificação do Brasileiro.
Essa zombaria, a meu ver, foi inoportuna e invadiu o terreno desrespeito.
É bem provável que recuando um pouco no tempo, a chacota não teria maior destaque.
Mas, nos dias de hoje, todos devemos estar atentos com as nossas palavras e gestos.
Ouvi que ” o Grêmio provocou bastante e mereceu o troco…” .
Os jogadores do Internacional perderam a oportunidade de comemorar a importante vitória diante do seu grande rival, sem rebaixar ou ridicularizar o abatido perdedor.
Faltou cautela ou orientação.
Vale esclarecer ,mais uma vez, que existe diferença entre rivalidade e desrespeito.
A regra é simples : se constrange o outro, não confunda o que chama de brincadeira com falta de respeito.
É triste saber que muita gente entende que esse tipo de “divertimento” fortalece o futebol…

Comentários

comments