Pular para o conteúdo

ALÔ AUTORIDADE , SAÚDE EM PERIGO

A recomendação dos especialistas ouvidos pela Jovem Pan é evitar aglomeração.

Afastamento social pode salvar a sua vida e de muitas outras pessoas.

Ambiente fechado aumenta a possibilidade de contágio.

O discurso das autoridades, em todos os seus pronunciamentos, alerta para a presença desnecessária em unidades de saúde.

Mas, na linha de frente, as informações são divergentes.

As reclamações são as mesmas.

A pessoa telefona e recebe o alerta de que “precisa comparecer de qualquer jeito, senão vai para o fim da fila de agendamento”.

No Hospital São Paulo, sexta feira (20), a sala de espera do setor de oftalmologia, tinha cinquenta pessoas e o pessoal do atendimento garantiu que “no máximo dez precisariam mesmo estar aqui”.

O Atendimento Ambulatorial Várzea do Carmo(foto), localizado no Cambuci, cuida de doenças na retina e os casos de urgência são minoria.

Mas, a sala de espera estava lotada de pessoas que poderiam ter a consulta reagendada por telefone.

O Hospital Brigadeiro recebe pessoas que serão submetidas à cirurgia de catarata.

As operações foram suspensas.

O atendimento presencial, dizem alguns médicos, deveria ter sido remarcado.

Em Perus, a AME apresenta a mesma situação das unidades anteriores.

Um infectado, entrevistado por mim, relatou na quinta feira (19): “os médicos me avisaram que muita gente pega o Coronavírus indo aos hospitais ou postos de saúde, sem um quadro grave…”

Nesses casos, a população não está sendo protegida.

O paciente vai com acompanhante e todos encontram salas de espera lotadas.

Muitos deles, idosos.

Nos microfones, as autoridades pedem que as pessoas não devem se deslocar sem necessidade importante.

Mas, quem tenta evitar sair de casa, recebe o aviso implacável: “se não vier…final da fila”.

Diminuir a presença de pessoas – sem emergência – em hospitais e demais unidades de saúde é primordial nesse momento tão difícil e perigoso que estamos vivendo.

 

(*Os profissionais da saúde pediram que seus nomes fossem preservados)

 

 

Comentários

comments