Pular para o conteúdo

A turma do VAR deixa de ser invisível e se torna audível .

A CBF decide divulgar os áudios das conversas entre o árbitro e a equipe do VAR.

Isso vale a partir de novembro em jogos da Série A.

A arbitragem tem provocado descontentamento permanente.

Até quem vence, reclama.

Uma das “acusações” é a falta de transparência.

Com a decisão, a CBF faz o que a Conmebol realiza em jogos da Libertadores, Sul-Americana e Eliminatórias.

As reclamações, certamente, vão continuar.

Mas com a chegada da “transparência” , a suspeita de malfeitos poderá diminuir.

A falta de transparência quase sempre resulta em desconfiança.

Ouvindo o que a turma do apito diz ,pode continuar existindo discordância.

Mas, deverá diminuir a falta de confiança.

Num esporte tão competitivo como o futebol, não pode faltar a coragem de se expor.

É mais uma garantia de jogo limpo.

O pessoal do VAR deixa de ser invisível e se torna audível.

Isso é bom.

Comentários

comments