Pular para o conteúdo

Arquipélago dos Açores em Portugal: distante, diferente e desafiante!

Foto: Divulgação/Azores Fotos
Arquipélago dos Açores em Portugal: distante, diferente e desafiante!
Piscina natural Simão Dias no Arquipélago dos Açores

O Arquipélago dos Açores é uma região autônoma de Portugal. É um destino de turismo sustentável e imperdível: vale a pena ir para lá com essa consciência, afinal é uma viagem para os amantes da natureza e perfeito para quem curte desbravar trilhas, praias selvagens, piscinas naturais e até mesmo contemplar vulcões. Quando se pensa em viajar para os Açores, a primeira dúvida que surge é para qual das nove ilhas viajar. Vamos então conhecer um rápido perfil de algumas delas. 

Ilha das Flores : a mais selvagem
(Foto: Divulgação/Azores Fotos)
A ilha de São Miguel é repleta de piscinas naturais (Foto: Divulgação/Azores Fotos)

ILHA TERCEIRA

Longe das multidões, Angra do Heroísmo é a principal cidade da ilha Terceira nos Açores. No meio de grande beleza natural, a cidade é cheia de história, ligada sobretudo à expansão marítima das potências portuguesa e espanhola dos séculos XV e XVI.

Angra do Heroísmo, na ilha Terceira (Foto: Divulgação/Azores Fotos)
Ilha Terceira nos Açores (foto: Divulgação/Azores Fotos)

SANTA MARIA

Santa Maria é um vilarejo de prainhas de areia branca, tais como na Baía de São Lourenço, um dos cantos mais belos dos Açores. Há piscinas naturais, boa comida, um deserto e a maior cachoeira do arquipélago. 

Baía de São Lourenço na ilha Santa Maria (foto: Divulgação /VisitPortugal) 

FLORES

Flores possui uma beleza única, crua e selvagem. Tem trilhas incríveis, cachoeiras, cascatas e lagoas espalhadas por todo o lugar, além de um povo hospitaleiro e acolhedor.

Vila Franca do Campo: tesouro do Arquipélago dos Açores ( Foto: Divulgação/Azores Fotos )

SÃO MIGUEL

São Miguel é a maior das nove ilhas que compõem o arquipélago dos Açores. Ela foi formada a partir de três grandes explosões que aconteceram há mais de 8 milhões de anos. Ponta Delgada é a maior cidade, onde está o aeroporto internacional do arquipélago e concentra a maioria dos hotéis e atrações turísticas.

Portas de São Miguel no centro histórico de Ponta Delgada (Foto: Divulgação/Associação de Turismo de São Miguel)
A gastronomia açoriana é saborosíssima e vem ganhando fama internacional (Foto: Divulgação/Azores Fotos)

ILHA DO PICO

A montanha do Pico é majestosa: são mais de 2000 metros de altitude. Lá do alto, é possível observar todas as ilhas do grupo central. É como um farol para se observar esse pequeno mundo. Uma dica é subir ao cume da montanha do Pico, pernoitar na caldeira do vulcão e ficar acampado. É uma ilha adequada para aproveitar as piscinas naturais nas rochas, porque o Pico não tem praias. O programa aqui é apreciar a paisagem vulcânica e a luta do homem para produzir vinho nestas terras tão inóspitas. 

A ilha do Pico é a segunda ilha mais visitada nos Açores (foto: Divulgação /VisitPortugal)
A vinícola do Pico é patrimônio cultural da UNESCO (foto: Divulgação / Azores Fotos)

GRACIOSA

Mas sem dúvida, o segredo mais bem guardado dos Açores é a ilha Graciosa. É a menos visitada por estrangeiros. A grande maioria dos turistas são açorianos de outras ilhas que aproveitam as belas praias e piscinas naturais da Graciosa. 

Graciosa é pequena e cheia de lugares incríveis para descobrir como a Furna do Enxofre no maior vulcão da ilha e Poceirões, que possui algumas das paisagens mais virgens e exuberantes do arquipélago. (Foto: Divulgação/Azores Fotos)

CORVO

Para os que querem silêncio e tranquilidade em seu grau máximo, a Ilha do Corvo não decepciona. É a  mais inóspita do território açoriano, e uma das mais inabitáveis da Europa. Chegar nela é difícil… mas vale a pena. A ilha tem apenas 7 km de estrada. A sensação é como viver em um planeta diferente. Dá para visitar a ilha do Corvo em apenas um dia, de barco a partir da Ilha das Flores. 

A ilha do Corvo era antigo refúgio de piratas e corsários (Foto: Divulgação/Azores Fotos)

DESTINO PREMIADO

O Arquipélago dos Açores foi eleito em 2021 como Destino “Quality Coast” de Platina, prêmio internacional de qualidade ambiental costeira para um turismo sustentável. Os vencedores foram selecionados pelo público e por mais de 200 mil profissionais de turismo de mais de 160 países de todo o mundo.

Confira mais informações sobre os Açores no site oficial do Turismo de Portugal: www.visitportugal.com.br.

Nos critérios definidos pela Green Destinations, os Açores obtiveram um nível de cumprimento de 97,8% dos indicadores de sustentabilidade: Gestão do Destino; Natureza e Paisagem; Ambiente e Clima; Cultura e Tradição; Bem-Estar Social; Negócios e Hospitalidade (Foto: Divulgação/Quality Coast)
Divulgação/Visit Portugal O Arquipélago dos Açores recebeu também o prêmio World Travel Awards como o melhor destino de turismo de aventura da Europa, o “Europe’s Leading Adventure Tourism Destination 2020” na 27.ª edição. (Foto: Divulgação/Visit Portugal)