Pular para o conteúdo

Chalé com vista para o mar

Chalé com vista para o mar

Um chalé aconchegante cercado por Mata Atlântica, o mar ao fundo, os passarinhos cantando e o barulho das ondas quebrando. Difícil encontrar um cenário melhor que o Chalé Manacá (reserve pelo Airbnb aqui)para um fim de semana de sol a dois.

Ubatuba, mesmo sendo uma cidade disputada do litoral norte de São Paulo, é cheia de prainhas mais rústicas, sem aqueles prédios gigantes na orla, mas com muitas montanhas, areia clara e mar azul, combinação perfeita para uma hospedagem que foge dos padrões de luxo e requinte de muitos destinos praianos. Neste caso, um chalé integrado, com quarto, cozinha, banheiro e uma sacadinha é tudo que você precisa para relaxar, posso garantir.

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)default

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)default

JÁ SEGUE O TRIP TO FOLLOW NO INSTAGRAM? @TRIPTOFOLLOW

O lugar, rodeado pela floresta tropical do Parque Nacional da Serra do Mar, é tão agradável que não é por acaso que, no Instagram, alguns seguidores o compararam com alguns tipos de hospedagens encontrados em Bali (assista ao vídeo abaixo).

Esse cantinho privilegiado fica na Praia Vermelha, em Ubatuba, e é a opção perfeita para quem quer dar uma escapada e curtir um pouco de natureza. O Chalé Manacá é a prova de que não precisamos de muito, nem precisamos ir tão longe para encontrar um pouco de paz e calmaria.

O Chalé é relativamente novo, tem pouco mais de um ano, e foi construído pelos anfitriões Ivo e Dani, que moram em Ubatuba há alguns anos e decidiram compartilhar a bela vista recepcionando turistas que buscam tranquilidade e conexão com a natureza.

Leia também:

Os dois, inclusive, nos receberam muito bem e nos deram todas as dicas sobre a região. Além disso, ficam 100% disponíveis pelo WhatsApp e estão sempre muito dispostos a atenderem as dúvidas e demandas antes e durante a hospedagem.

Eles são completamente apaixonados pela propriedade, adoram o ato de “receber” e por isso planejam a construção de um terceiro chalé em breve!

Praia Vermelha, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Praia Vermelha, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)default

|Onde fica Ubatuba

Ubatuba é uma cidade do litoral norte de São Paulo, também conhecida como a Capital Nacional do Surf. Não é à toa. A cidade tem mais de 100 praias distribuídas em mais de 100 km de costa. Além de agradar os surfistas, também conquista àqueles turistas que procuram por águas calmas e cristalinas.

Ubatuba fica localizada a 220 quilômetros de São Paulo. Quem sai da capital, tem duas opções para ir para Ubatuba. A primeira delas é através da Via Dutra ou Ayrton Senna/Carvalho Pinto até São José dos Campos, Rodovia dos Tamoios até Caraguatatuba e Rodovia Rio-Santos (sentido Rio de Janeiro) até Ubatuba. A segunda é através da Via Dutra ou Ayrton Senna/Carvalho Pinto até Taubaté e Rodovia Osvaldo Cruz até Ubatuba. Nossa viagem demorou aproximadamente 3h30. Quem sai do Rio de Janeiro deve pegar a Rodovia Rio-Santos.

O Chalé Manacá fica na Praia Vermelha do Centro, perto da Praia Grande, e é preciso percorrer pouco mais de 1 km de estrada de terra até lá (não se preocupe, seu carro não precisa ser um 4×4 para fazer esse percurso).

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

|O chalé em Ubatuba

É preciso estar disposto para poder desfrutar desse visual. Para chegar no chalé, você terá que subir uma escadaria de mais de 100 degraus, mas nada que não compense o visual.

O Chalé fica dentro da propriedade onde vivem os donos e divide espaço com outro Chalé, o Baguari, mas ambos mantêm 100% de sua privacidade já que foram construídos com certa distância e foram cercados por vegetação.

Ele é pequeno, mas bem planejado com um cantinho para a cama e uma cômoda (onde também fica guardada a rede), a cozinha com uma pequena mesa e a porta para o banheiro. Toda a sua frente é feita com portas de vidro que valorizam ainda mais a natureza – tanto a praia quanto a vegetação da porta de entrada do chalé, ainda dentro da propriedade.

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Ele é bem equipado e tem estrutura suficiente para que você consiga preparar seu café da manhã, almoço ou jantar. Tem frigobar, microondas e cooktop (não tem forno), panelas, pratos e outros utensílios básicos. O banheiro é bem claro e limpo, tem um chuveiro quentinho e janela para ventilação.

O chalé tem tomadas com voltagem 110v (indicadas com a cor branca) e 220c (indicadas com a cor vermelha), além de Wi-fi de fibra ótica de 240 MB, com ótimo sinal. É perfeito para quem quer fazer um home office de frente para o mar.

O Chalé Manacá também tem estacionamento dentro da propriedade, ar condicionado,TV, duas cadeiras de praia e um guarda-sol caso você queria levá-los para a praia. Não tem amenities (apenas sabonete e papel higiênico) e não é pet friendly.

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

O Chalé Manacá, como havia dito, fica encrustado em uma montanha na Praia Vermelha. Sua entrada fica em uma rua de terra que dá continuidade à praia. A rua, apesar de longa, é sem saída, e se você seguir por mais alguns quilômetros, chegará em outra praia linda e considerada uma das mais bonitas de Ubatuba, a Praia do Cedro. Vale a pena conhecer.

Apesar de estar em um local com muita natureza, o chalé também está perto do bairro Itaguá, onde tem supermercados, farmácias, padarias, lojas e restaurantes (o acesso, claro, deve ser feito de carro).

O check-in deve feito depois das 14h e o check-out deve ser feito até às 11h.

|Nossa experiência

A primeira impressão é a que fica. Por lá não foi diferente. Assim que eu abri a porta do chalé já senti um cheirinho bastante agradável que se camuflou perfeitamente ao cheiro de natureza assim que abri a porta de vidro para o deck.

A cama estava perfeitamente arrumada com toalhas de banho e de rosto também cheirosas disponíveis para usarmos durante a estadia. Os utensílios também estavam em perfeito estado e uma água geladinha nos esperava na geladeira.

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

As manhãs no Chalé Manacá foram positivamente iguais todos os dias. Arriscamos a não colocar o celular para despertar e deixamos parte das cortinas abertas para que a gente conseguisse despertar com o nascer do sol. E quando a luz não era o suficiente para nos acordar, os passarinhos cumpriam esse papel. Não sei dizer as espécies além de beija-flor, mas diariamente dezenas deles cantarolavam pelas árvores que cercavam nossa sacada.

Apesar de termos uma mesinha ao lado da cozinha, o café da manhã não poderia ser em outro cenário que não fosse a sacada e a vista perfeita do mar.

Como ficamos 4 dias (3 noites) por lá, dividimos nosso tempo para conhecer algumas praias. Queria combinar aquelas próximas ao chalé e outras mais desertas. Decidimos então conhecer a Praia Vermelha, Praia do Cedro, Praia do Português, Praia do Félix e Praia Sununga, onde fica a Gruta que chora. Voltávamos para o chalé sempre por volta das 16h, quando a temperatura começava a cair, levando em consideração que fomos em julho, inverno.

O entardecer era da nossa sacada. O sol não se coloca diretamente no mar, mas as cores ficam bonitas iguais. E quando a noite chegava, o céu ficava cheio de estrelas. Por não ter muita luz artificial na região, ficava ainda mais fácil observá-las.

Nós cozinhamos algumas noites, pratos fáceis, mas também decidimos pedir pelo aplicativo de delivery um prato de um restaurante local. Eles entregam tranquilamente no endereço e o Ivo ou a Dani nos avisaram assim que o motoboy chegou com a entrega.

Lembre-se que você está no meio da natureza, então evite ficar com as portas abertas para que os insetos não entrem, principalmente no final da tarde. Ah, não se esqueça do repelente!

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Chalé Manacá, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

|O que fazer

O TRIP TO FOLLOW CONHECEU O CHALÉ EM TEMPOS DE QUARENTENA. CONHECEMOS ALGUMAS PRAIAS, MAS NO FUTURO SERÁ POSSÍVEL FAZER TURISMO NA REGIÃO.

Como falei anteriormente, nos dedicamos a conhecer praias mais vazias por conta do distanciamento social. Mas há muito o que fazer em Ubatuba e por isso queremos voltar em breve. Há muitas praias, cachoeiras e trilhas para explorar por lá.

Praia Sununga, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Praia Sununga, em Ubatuba (Foto: Trip To Follow)

Vou destacar a Praia da Sununga, que tem a Gruta que Chora. A gruta é muito menor do que parece nas fotos, mas rende ótimas fotos! Além disso a praia é bonita, o mar é tranquilo e a areia branquinha, vale a pena passar algumas horas por lá. Dica: se você quer fazer essa foto na gruta, vá à tarde, quando o sol está de frente para a gruta, não acima dela.

A Praia do Português já entrou para a nossa listinha de favoritas. Ela tem apenas 30 metros de faixa de areia, é arredondada pela natureza a sua volta e bastante tranquila, principalmente se você chega cedinho. O acesso é feiro através das pedras que ficam à direita da Praia do Félix. É preciso ficar de olho na maré para que você faça esse percurso com tranquilidade.

A Praia Vermelha e a Praia do Cedro ficam na rua do Chalé e valem a visita. Para chegar na Praia Vermelha, basta seguir a rua do chalé e pegar a primeira direita. Não vai perder mais do que 5 minutinhos caminhando. Já na Praia do Cedro você pode seguir a rua de carro e estacioná-lo mais perto de onde a trilha começa (não é área de zona azul). Dali você vai fazer uma caminhada fácil que não leva mais de 10 minutos até chegar na areia.

|Reserva e preço

Você pode alugar um dos quatro trailers ou um dos oito quartos pelo site do Airbnb (link aqui). Por lá você também consegue acompanhar as datas disponíveis.

O custo-benefício do Chalé Manacá é ótimo, considerando que é possível encontrar diárias a partir de R$ 257 para o casal. Só são aceitas reservas a partir de 2 noites e os valores variam de acordo com o mês, dia da semana, finais de semana e feriados.

Nossa dica é navegar pelas datas que você tem disponibilidade e encontrar o melhor valor. Aproveite para falar que você conheceu o Chalé Manacá aqui pelo Trip To Follow! Tenho certeza de que eles vão caprichar no desconto!

Você também pode reservar o Chalé Baguari (link direto do Airbnb aqui), que fica no mesmo espaço que o Chalé Manacá.

Vista da Praia Vermelha para o Chalé Manacá (Foto: Trip To Follow)

Vista da Praia Vermelha para o Chalé Manacá (Foto: Trip To Follow)

ASSISTA AOS STORIES DA NOSSA VIAGEM PARA CAMPOS DO JORDÃO AQUI

Esse é mais um conteúdo do nosso recém-lançado projeto CAÇADORES DE AIRBNB.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

#jtg-44461 .item { background-color:#000000; }#jtg-44461 .item:hover img { opacity: 0.5; }#jtg-44461 .item .jtg-social a { color: #ffffff }#jtg-44461 .item .caption { background-color: #ffffff; }#jtg-44461 .item .figc { color: #ffffff;}#jtg-44461 .item .figc .description {font-size: 14px; }#jtg-44461 .item .figc h2.jtg-title { font-size: 16px; color: #ffffff; }#jtg-44461 .item { transform: scale(1) translate(0px,0px) rotate(0deg); }#jtg-44461 .items { width:100%; height:800px; }#jtg-44461 .items .figc p.description { color:#ffffff; }

jQuery(‘#jtg-44461’).modulaGallery({margin: 10,enableTwitter: true,enableFacebook: true,enablePinterest: true,enableGplus: true,randomFactor: 0.5,});jQuery(function () {});

O post Chalé com vista para o mar apareceu primeiro em Trip to Follow.