Pular para o conteúdo

Trip To Follow lança projeto Caçadores de Airbnb

default
Trip To Follow lança projeto Caçadores de Airbnb

Nós, do Trip To Follow, sempre fomos amantes da hotelaria. Acreditamos que a hospedagem faz parte da experiência da viagem como um todo e não é apenas o “lugar para dormir”.

Por isso, sempre tivemos a pastinha dedicada para os “hotéis dos sonhos” e buscamos produzir um conteúdo especial dos hotéis que nos hospedamos durante nossas viagens. Você pode encontrar esses conteúdos aqui no site em Hotel Review. Esse ainda será um dos nossos principais focos aqui no site do Trip e também lá no nosso Instagram @triptofollow.

Com a pandemia, resolvemos tirar do papel um projeto que já tínhamos há algum tempo: Caçadores de Airbnb. Vamos começar pelos arredores, em casas charmosas e diferentes que encontrarmos perto de São Paulo, onde vivemos atualmente, e expandir pouco a pouco pelo Brasil e pelo mundo assim que for possível e seguro voltar a viajar.

O mix de hospedagem entre hotéis de luxo e casas representativas já era uma prática comum por aqui, mas agora decidimos nos aprofundar ainda mais e “caçar” cantinhos dos sonhos, por isso o Caçadores de Airbnb.

Quem lembra quando nos hospedamos em um dos hotéis mais luxuosos da Islândia, o Rangá (que inclusive voltamos no ano seguinte), mas também passamos alguns dias em uma típica casa islandesa, a Vakta House? O mesmo também aconteceu na última viagem à Portugal, quando conhecemos o Sublime Comporta e o São Lourenço do Barrocal, mas também passamos alguns dias em uma casa numa charmosa vila próxima à Torre de Belém. Também escolhemos nos hospedar em uma casa no Alasca e em Faroe Islands, mas essas não temos o relato aqui.

Vale lembrar que esse projeto não tem parceria com o Airbnb e todas as casas que nos hospedamos e vamos nos hospedar são por nossa escolha. Além disso, nosso foco será em casas, cabanas, apartarmentos, ou qualquer tipo de hospedagem que esteja disponível na plataforma, mas que tenham algum diferencial, que sejam exóticos, que sejam um refúgio, etc.

Quem embarca nessa com a gente?

Veja abaixo algumas casas que já nos hospedamos:

|Brasil, Santo Antônio do Pinhal – Haus

|Brasil, São Bento do Sapucaí – Sítio das Pedras Serrano

Sítio das Pedras Serrano (Foto: Trip To Follow)

A cabana na Serra da Mantiqueira é pequenininha, tem apenas um quarto, um banheiro (com vista também). Parece um lugar de paz, com cheiro de mato… E é! A Pedra do Baú, à direita da cabana, divide espaço com outras imponentes pedras e montanhas. Não poderia ter lugar mais romântico não tão longe de casa para alguns dias a dois. Veja como foi nossa experiência.

|Brasil, São Francisco Xavier – Villa do Snyh

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

 

O sol bate na janela, o relógio gira lentamente, a lenha queima na lareira e as nuvens dançam aos nossos pés. Assim são os dias na São Francisco Xavier Villa do Snyh, uma das casas mais charmosas da pequena cidade de São Francisco Xavier. Se hospedar por lá é o mesmo que fazer uma imersão na natureza, com o “conforto de casa”, já que o ambiente oferece absolutamente tudo que o hóspede pode precisar. Veja como foi nossa experiência.

|Islândia, Reyjavík – Vakta House

Ir para um lugar tão exótico pede uma experiência mais local. Foi aí que encontramos a Vakta House, pequenininha, acolhedora e com luxo nos pequenos detalhes. Já adiantamos que nossa escolha não poderia ter sido melhor. Podemos considerar a Vakta House uma pequena villa que valoriza tanto o design islandês quanto a história islandesa. A casa mantém características mais antigas, de quando foi construída e de quando uma família local vivia lá. Veja como foi nossa experiência.

|Portugal, Lisboa – Beco

Entrada da nossa casa do Airbnb em Lisboa (Foto: Trip To Follow)

A nossa casa era pequenininha, com dois andares – sendo o segundo apenas para o quarto e com visão para o resto do ambiente -, com cozinha equipada, televisão, internet e localizada em uma rua discreta, também conhecida como “Beco” – saudades – e há poucos metros da Torre de Belém, um cartão-postal de Lisboa. Veja como foi nossa experiência.

O post Trip To Follow lança projeto Caçadores de Airbnb apareceu primeiro em Trip to Follow.