Pular para o conteúdo

HarmonyOS vem aí: Huawei está preparada para o contra-ataque

HarmonyOS vem aí: Huawei está preparada para o contra-ataque

Não é novidade para ninguém que a Huawei trabalha há algum temo no desenvolvimento de um sistema operacional próprio. As sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos contra a China impedindo relações comerciais entre empresas dos dois países serviram como empurrão para que a gigante chinesa acelerasse os planos do HarmonyOS.

Os smartphones da Huawei devem, já a partir de 2021, chegar ao mercado com o novo sistema operacional. O anúncio foi feito pelo CEO da empresa, Richard Yu, durante a Huawei Developer Conference 2020, realizada na China. A versão beta, para desenvolvedores, estará disponível em dezembro deste ano. Essa é uma etapa importante para que aplicações sejam desenvolvidas com suporte para o novo sistema operacional.

A disponibilidade de aplicativos, aliás, é ponto crucial para o sucesso de um sistema operacional. Mas não deverá ser um empecilho para o HarmonyOS, afinal, a Huawei têm 46% do mercado de smartphones na China e lidera o mercado global com 19%, na frente de Samsung e Apple.

Neste momento, em que permanecem as tensões entre EUA e China, é fundamental assistir atentamente aos movimentos das companhias chinesas de tecnologia. Há margem importante para manobras em alguns segmentos, entre eles o de smartphones. As demais fabricantes aguardam para saber os próximos passos de Huawei e Xiaomi, que apesar de altamente impactadas pelas sanções americanas, contam com apoio nacional para contra-atacar e com um mercado interno bastante forte.

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: