Pular para o conteúdo

Dasa doa 3 milhões de processamento de exames para diagnóstico de Covid-19

Dasa doa 3 milhões de processamento de exames para diagnóstico de Covid-19

A empresa de medicina diagnóstica Dasa e o Ministério da Saúde fizeram uma força-tarefa para criar um laboratório especializado para o diagnóstico da Covid-19. Somente no Brasil, até o dia 21 de abril, o número de mortes pela doença chegava a 2.741. A iniciativa prevê a realização de até 3 milhões de exames de RT-PCR nos próximos seis meses. Os exames serão somente do SUS.

A Dasa vai disponibilizar, de forma gratuita, profissionais e infraestrutura para o processamento dos exames em equipamentos e insumos cedidos pelo Ministério da Saúde. “Usaremos nossa expertise para montar uma estrutura que terá capacidade de processar 30 mil exames/dia de RT-PCR, considerada a metodologia “padrão-ouro” para o diagnóstico da COVID-19”, comenta Gustavo Campana, diretor médico da Dasa, que lidera o projeto.

A iniciativa poderá ser ampliada de acordo com a disponibilidade de equipamentos e entrada de outras empresas no projeto. “A expectativa é que outras empresas do setor se integrem à mobilização e contribuam para ampliarmos, juntos, a capacidade produtiva e o acesso aos exames para o maior número de brasileiros, nesse momento desafiador para a saúde global”, explica Emerson Gasparetto, vice-presidente da área médica da Dasa.

A parte do Ministério da Saúde será definir a população que fará o exame de diagnóstico da COVID-19.