Pular para o conteúdo

Volta às aulas: São Paulo 2 x 3 Red Bull Bragantino

Volta às aulas: São Paulo 2 x 3 Red Bull Bragantino

Todas as bolas muito bem batidas em gol pelos ex-Trio de Ferro Matheus Jesus, Morato e Artur entraram na meta de Volpi. A última, um golaço, indefensável. A segunda, depois do espaço dado por Arboleda, mais complicada mesmo para um ótimo goleiro como Volpi. A primeira, em mais um buraco doado pelo meio-campo tricolor, defensável se Volpi estivesse em ritmo de jogo. O que ele e Júlio César não tinham como em 131 dias parados, e menos de um mês de volta ao batente. Goleiros sofrem mais que os homens de linha sem bola.

É tudo muito compreensível. Para a vitória e para a derrota.

Bem, muito bem o energético Braga. Mal pelo resultado o São Paulo.

Mas sem precipitações.

Apenas algumas constatações.  A rotação entre Pablo, Pato e Vítor Bueno na frente promete. A melhor delas.

A pior para o São Paulo é que talvez a pandemia tenha estagnado um crescendo do time de Diniz. Algo que, porém, só o tempo e o campo responderão.