Pode ser que você ainda não tenha assistido de fato, mas com certeza passou por alguma manchete do tipo “Cauã Reymond‬‬ interpreta transexual em clipe” .  É bem isso. O belíssimo está belíssima no clipe, de peruca ( que cabelo maravilhoso) loira, maquiado, salto alto, lingerie luxo. A história do clipe mostra um grupo de amigos assistindo à um show, de Bárbara, eles mexem com a personagem de Cauã. Um deles vai atrás dela, e o que parecia ser um encontro amoroso se transforma em agressão.

A volta vem quando Barbara seduz o cara, o prende à cama e recebe Cauã. Ele apaga o cara, parece que vai atuar a testa dele. Ao final vemos a palavra COWARD, covarde. Mas a personagem do Cauã não é de tudo vingativa, dá pra ver que apenas escreveu com caneta. Deu sua lição, diz algo ao pé do ouvido e sai poderosa.

Quem é Barbara Ohana?

Sobrinha da atriz Claudia Ohana , lançou em 2014 seu primeiro single, intitulado Golden Hours.

Logo ali, já tinha parcerias bem acertadas… A direção deste clipe é de Daniel Rezende, que foi indicado ao Oscar pela montagem do filme Cidade de Deus.  Essa faixa, em especial fez parte da trilha sonora da novela Verdades Secretas, como tema da personagem Larissa, interpretada por Grazi Massafera.

Seu primeiro trabalho, do qual pertence esta faixa, se chama Dreamers. Muita gente bacana participou do projeto, como Adriano Cintra (ex-CSSApollo 9 (que produziu Golden Hours, DDRREEAAMMEERRSS e Desert Island) , além de  Jean Dollabella (ex-Sepultura) nas bateria de Karaoke Track e  Glenn Kotche, do Wilco, em Desert Island.

Bárbara Ohana foi backing vocal e gravou em álbuns de artistas como Gilberto Gil e Jorge Mautner.

 

Animação Procurando Dory chega arrasando Será o fim de Penny Dreadful?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.