A imagem chocou o mundo e se transformou em símbolo da crise migratória que vive os Estados Unidos. Um migrante salvadorenho e sua filha, mortos, afogados, juntos. Óscar Martínez, viajava com a esposa e sua filha Valeria,  atravessando o rio Bravo, com o objetivo de chegar aos Estados Unidos.

A mãe relatou em entrevista que eles faleceram neste domingo. Óscar teria se jogado no rio com sua filha sobre os ombros, e quando ajudava sua mulher a entrar  no rio, a menina se atirou nas águas. O pai mergulhou para salvá-la, ambos perderam a vida. Ato desesperado destes que fogem da miséria e da violência em seus países, e sonham com oportunidades e nova vida.

Muitos se lembraram de uma outra imagem, também simbólica do drama migratório na Europa.  O corpo de um menino sírio, às margens de uma praia grega, enquanto turistas circulavam sem o notar.

 

Cineminha? Já compre ingresso para Turma da Mônica - Laços. Temos também Pets 2 e Anabelle 3 HBO: 3 ótimas séries preenchem as noites de domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.