Alexandre Mortágua é filho do ex-jogador Edmundo, reconhecido apenas depois de um teste de DNA. Ano que vem, ele lança o filme Todos nós 5 milhões escrito, dirigido e produzido por ele, a partir de dados do Conselho Nacional de Justiça, com base no Censo Escolar de 2011, que mostrava que 5,5 milhões de crianças que estavam estudando no país não tinham o reconhecimento paterno em sua documentação. A produção mistura documentário, com relatos de jovens e adultos abandonados pelos pais, mães que seguraram a barra sozinhas, pais que abandonaram seus filhos e cenas ficção. Vanessa Oliveira, que brilha na série brasileira 3 por cento, faz parte do elenco de dramatização.

Alexandre conversou com a Helen Ramos, do canal Hel Mother e contou mais sobre seu projeto, e a escolha de não abordar sua própria história. Ele que é filho do jogador Edmundo com a ex-modelo Cristina Mortágua. O garoto, que tem 23 anos, viveu sem contato com o pai, de quem hoje não é próximo.

“Não queria espetacularizar minha vida. Meu pai é uma pessoa pública, e é complicado falar dos ídolos das pessoas, ainda mais quando esses ídolos são homens”

O Coringa para maiores de 18 Bond, Idris Elba Bond?

One thought on “Todos nós 5 milhões, filme trata do abandono paterno no Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.