O ator Dwayne “The Rock” Johnson mandou uma mensagem importante para todos, sobre um assunto sério. Participando de uma série de entrevistas, para a divulgação de seu novo filme, Rampage: Destruição Total, ele falou sobre a depressão que tomou conta da sua vida depois que mãe tentou o suicídio.

“A depressão nunca discrimina. Demorei para perceber, mas o segredo é não ter medo de se abrir. Especialmente nós, homens, temos a tendência de nos fechar. Vocês não estão sozinhos”.

Essa tragédia aconteceu quando o ator era adolescente, aos 15 anos. Sua mão cruzou uma avenida importante de Nashville para por fim à própria vida quando a família foi despejada de seu apartamento. Dwayne conseguiu tirá-la na rodovia, mas conviveu com esse peso associado ao término de um relacionamento e à lesões que o impediram de seguir com sua carreira no futebol americano. Em entrevista para ao The Express, o astro de Hollywood contou que não queria fazer nada nem ir a lugar nenhum, chorando constantemente.

“Nós dois nos curamos, mas sempre temos que fazer o máximo para prestar atenção quando as outras pessoas estão sofrendo”.

Dwayne Johnson é um dos atores mais bem pagos do mundo. Depois de jogar futebol americano, se transformou em um dos mais populares lutadores de luta livre dos Estados Unidos. Lançado ao estrelato como protagonistas de O Retorno da Múmia, e mais tarde Escorpião Rei,  filme 2002, se consagrou como o policial que persegue Don ( personagem de Vin Diesel) na saga Velozes e Furiosos.

 

Talvez você já tenha cometido esse crime VOCÊ INDICA, EU COMENTO: Collateral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.