A sétima edição do Lollapalooza no país, veio diferente. Novamente tivemos três dias de duração, o que não acontecia desde 2013. E o som eletrônico voltou a ganhar projeção com a redistribuição dos palcos.

Começou na sexta-feira de Lollapalooza, com 100 mil pessoas no Autódromo de Interlagos. Rincon Sapiência (que cantou ginga coma IZA)  e Zara Larsson fizeram homenagem à Marielle. Red Hot Chili Peppers mandou um cover de Menina Mulher da Pele Preta, de Jorge Ben. 

Esse dia foi Lolla! #LollaBR

Uma publicação compartilhada por Rincon Sapiência (@rinconsapiencia) em

Sábado de Lollapalooza também com público de 100 mil pessoas e com Pearl Jam que inclusive cantou um parabéns pra você puxado por Eddie Vedder para Perry Farrel, antecipando o aniversário do dono do festival.

WOW. Regram from @lollapalooza: A view from above the @pearljam fans at @lollapaloozabr tonight. #LollaBr

Uma publicação compartilhada por Pearl Jam (@pearljam) em

Imagine Dragons, Anderson Paak e David Byrne também se destacaram no segundo dia, assim como os brasileiros Mano Brown, O Terno e Liniker, que perdeu tempo do seu show devido a problemas técnicos.

Ontem, o último dia do festival. Tivemos Lana Del Rey, Wiz Khalifa, Hardwell e The Killers, retornando depois de 5 anos de passagem pelo Brasil. Opa! E ainda teve Liam Gallagher.

 

São Paulo, Brazil 🇧🇷 @lollapaloozabr

Uma publicação compartilhada por The Killers (@thekillers) em

O Mecanismo: A treta DEPOIS DO CINEMA: Me Chame Pelo Seu Nome

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.