Depois de 3 álbuns coma  banda o Rappa (O Rappa, Rappa Mundi e Lado B Lado A) e um com o grupo F.UR.T.O (Sangueaudiência), sai o primeiro trabalho do artista, agora em carreira solo. Canções Para Depois do Ódio abre nos meios digitais, inclusive para usuários Spotify, para ganhar formato físico ainda neste mês, e promessa de show em fevereiro. Fundador e ex-baterista do grupo O Rappa. Marcelo Yuka já tinha mostrado uma faixa do novo álbum, lançada em dezembro, e chamada Movimento da Massa , com vocais do cantor Bukassa Kabengele.

O álbum conta com participação de Seu Jorge e Céu. São 16 faixas, todas composições de Yuka. A capa também é dele, pinturas que já foram expostas em no Rio de Janeiro. A novidade chega onze anos depois de seu último trabalho musical, Sangueaudiência, primeiro e único do projeto F.UR.T.O. e o clima é bem outro. Yuka, como vocês sabem  foi baleado em 2000 e ficou paraplégico. Em Canções para depois do ódio ele quis falar de outras coisas que não fossem, raiva ou referências ao que aconteceu. O novo álbum é mais leve, e conta com diversas sonoridades, principalmente a eletrônica ( Apollo 9 é coprodutor), mas com pitadas de samba, reggae, rock, soul, funk e música africana

Canções Para Depois do Ódio vem sendo produzido há cinco anos e fez crowfunding para ser finalizado. com eta de arrecadar r$ 80 mil, obeteve a colaboração de 744 pessoas, arrecadando R$ 123.735.

Ed Sheeran está de volta! E com 2 músicas novas GATOS SENDO GATOS: Conheça Los Gatos Joly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.