Olha, Pose é uma série que mistura emoção com momentos divertidos de montação, e que trata do início da AIDS e da cultura Ballroom na Nova Iorque dos anos 80 com foco na comunidade LGBTQ afro e latino-americana.

A série é do FX, mas sua primeira temporada está disponível na Netflix. O cabeça da história é Ryan Murphy, o responsável por sucessos como Glee, American Horror Story e American Crime Story, além da nova The Politican, que inclusive é motivo pra uma outra boa dica pra vocês na Netflix.

 

Todo o elenco é formado por atores LGBTQ, com destaque para Billy Porter, que com certeza você sabe quem é, pois ele escolhe looks bafo para o tapete vermelho das premiações chamando muito a atenção. Na história ele é Pray Tell, quem comanda os bailes em que as casas brigam pelos troféus.

Casas são grupos formados por uma mãe, uma mulher transexual mais experiente nos bailes, e seus agregados, que a reverenciam e também são acolhidos por elas em suas vidas diárias.

A AIDS é assunto tratado de forma sensível e real dentro da trama. Muitos personagens tem dúvidas sobre se estão ou não contaminados. Outros sabem, e devem lidar com essa realidade. Muitos momentos sobre essa temática são emocionantes.

Outra questão tratada em POSE é a aceitação, das personagens por elas mesmas, entre elas e em relação a sociedade. Alguns temas abordados dão a questão do trabalho fora da prostituição, os relacionamentos e os preconceitos na sociedade.

Série polonesa Rojst é maratona rápida na Netflix LIVES do final de semana: Roberto Carlos, Ivete Sangalo e Zeca Pagodinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.