Esta é a primeira vez que um espanhol presidirá o juri do mais importante festival de cinema da França. Pedro Almodóvar, que já teve inúmeros filmes em exibição no Festival de Cannes, pode nunca ter recebido o prêmio máximo.

Cinco de seus filmes foram indicados à Palma de Ouro: Julieta, Tudo Sobre Minha Mãe, Volver, Abraços Partido e A Pele que Habito.

Recebeu apenas o prêmio de melhor diretor por Tudo sobre minha mãe, em 1999 , e de melhor roteiro por Volver, em 2006, filme que também que também ganhou o prêmio coletivo por interpretação feminina (Penélope Cruz, Carmen Maura, Lola Dueñas, Yohana Cobo).

 

Tivemos ainda o filme Má Educação abrindo o Festival em 2004, mas fora da competição e a estampa do diretor no cartaz oficial da 60ª edição.

Almodóvar já foi membro do júri, em 1992, sob a ” administração” do então presidente, o ator Gérard Depardieu. Agora, presidente da porra toda, aos 67 anos, diz:

“Me sinto agradecido, honrado e um pouco assustado.Consciente da responsabilidade que representa ser o presidente do júri”

A 70ª edição do festival acontece entre 17 e 28 de maio. A seleção oficial do Festival de Cannes e a composição do júri serão anunciados em abril.

Direto do Sofá - Os vencedores do Globo de Ouro são tudo isso mesmo? Ben Affleck tira o pé na responsabilidade pelo aguardado The Batman

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.