Regina Casé e a Globo estão sendo processados por Vanderlei Velozo Miranda. Ele pede R$ 3 milhões e R$ 949 mil de indenização por danos morais e materiais. Acontece que em 2015, o programa Esquenta exibiu uma entrevista feita por Regina com o filho dele, de oito anos, que lutava contra um tumor cerebral em estágio avançado. O pai diz que nem ele nem a esposa autorizaram a entrevista, que aconteceu na brinquedoteca do hospital Boldrin de Campinas. O menino morreu cinco dias depois.

A primeira audiência aconteceu em Campinas, e a próxima audiência acontecerá dia 20 de setembro, no Rio de Janeiro. A Globo comunicou que não comenta ações em andamento na Justiça e a assessoria de Regina Casé também seguiu o posicionamento da emissora. De acordo com o advogado da família eles não fizeram autorização por escrito permitindo a entrevista com a criança, e não autorizaram a veiculação das imagens no programa.

 

Quando todo mundo acha que você é o melhor Charles Manson Nossa maratona do final de semana! Saiu a segunda temporada de Ozark

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.