Mel B viveu um pesadelo inimaginável em seu casamento de dez anos. Esta segunda, saiu uma ordem de restrição contra o ex-marido da eterna Spice Girl, Stephen Belafonte. Ele não pode se aproximar dela e das filhas. A verdade é que Mel B foi vítima dos abusos físicos e mentais.

O relato dos documentos entregues à corte descrevem inúmeros episódios de violência doméstica e até abuso sexual, quando a cantora se via obrigada a ter sexo com ele e outras mulheres, sendo filmada inclusive, para posteriores chantagens como a ameaça de apresentar as gravações ao Departamento de Proteção Infantil para que ela perdesse a guarda das três filhas. Eles se casaram em 2007 e têm uma filha de cinco anos. Mel B tem duas outras crianças de relacionamentos anteriores.

Agressões físicas também são detalhadas, muitas sucedendo apresentações em que a cantora se destacava profissionalmente. Como por exemplo, quando gravou com Usher para o The X Factor Austrália, e quando as Spice Girls se apresentaram no encerramento dos Jogos Olímpicos em 2012.
Outro episódio bastante terrível aconteceu quando, em 2014, Stephen engravidou a babá de suas filhas, e chegou a propor que criassem o bebê, vivendo os três juntos. Mel B não aceitou e Belafonte exigiu que a mulher abortasse o filho, mediante a um pagamento de U$ 300 mil.
No mesmo ano, Mel B tomou um frasco de aspirinas por se sentir “exausta, física e emocionalmente’. Ao se sentir mal, quis chamar uma ambulância, e foi impedida por Belafonte.
Mel B nunca chegou a denunciar o então marido, e pediu o divórcio agora em março. Agora, ele deve deixar a casa da família em Hollywood Hills, e permanecer longe da ex-mulher e das crianças. Uma audiência foi agendada para 24 de abril. Belafonte disse ao site de celebridades TMZ,  na segunda-feira:

“Estou chocado com essas alegações … Acho que alguém está tentando me definir como um cara mau.”

DEPOIS DO CINEMA: Fragmentado I am Heath Ledger: imagens inéditas do ator em filme sobre sua vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.