Na noite de ontem fecharam as premiações da 18.ª edição dos Grammy Latino. E claro que Despacito deu aquele show, levando pra casa quatro dos principais prêmios da noite, incluindo de melhor canção e gravação do ano.

O prêmio de melhor álbum do ano e de melhor álbum de salsa foi para Salsa Big Band, do músico panamense Rubén Blades com Roberto Delgado & Orquesta.

O dominicano Vicente García venceu três grammys, inclusive o de artista revelação. Já o porto-riquenho Residente, favorito da noite com nove indicações, levou apenas dois prêmios pra casa: melhor álbum de música urbana (Residente) e melhor canção urbana (Somos Anormales).

Também levaram dois prêmios os colombianos Diamante Elétrico, nas categorias de melhor álbum de rock (La Gran Oscilación) e melhor canção de rock (Déjala Rodar).

Juanes venceu com melhor álbum pop-rock por Mis planes son amarte e Shakira levou o prêmio de melhor álbum Pop Vocal Contemporâneo, por El Dorado.

Teve prêmio para a pianista brasileira Eliane Elías que levou o gramofone da categoria melhor álbum de jazz latino, com Dance Of Time. Nando Reis foi reconhecido como o melhor álbum de rock/música alternativa em língua portuguesa pelo seu recente álbum Jardim-Pomar.

A melhor canção em língua portuguesa foi escolhida Trevo (Tu), de Ana Caetano & Tiago Iorc.

O Grammy Latino de melhor álbum de música popular brasileira foi para Dos Navegantes, de Edu Lobo, Romero Lubambo e Mauro Senise.

Se você quer ver os melhores momentos da premiação, somados às apresentações anteriores do Grammy Latino,  se liga no especial que será exibido hoje pela TNT , a partir das 22h30. O compacto de meia hora somará os melhores momentos da 18ª edição da premiação. O Especial Latin Grammy. Lembrando que um dos momentos mais comentados da premiação na internet aqui no Brasil foi a participação de Anitta na homenagem ao escolhido como Person Of The Year. Este ano, o Grammy reverenciou Alejandro Sans. Além da brasileira, que esteve em palco ao lado de Nick Jonas, também se apresentaram o porto-riquenho Luis Fonsi (Despacito), o espanhol David Bisbal e a cubana Camila Cabello. 

Uma sombra em Inhotim? Entenda o caso da condenação de Bernado Paz Direto do Sofá: O mistério de Alias Grace e suas possibilidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.