E sim, a Weinstein Company é a produtora de cinema de Harvey Weinstein. A empresa estava negociando com um grupo de investimento, mas tudo desandou quando o Ministério Público de Nova Iorque tomou ação legal contra a produtora, o próprio Harvey Weinstein e também contra seu irmão. Alegando que a empresa alimentou “um ambiente de trabalho hostil que durou anos, um padrão de assédio sexual e  utilização rotineira de recursos da empresa para fins ilícitos”, o Ministério Público os acusa de violações graves de direitos civis, direitos humanos e leis empresariais.

Ao que parece, isso não vai ficar de graça não. De acordo com o The Guardian, o procurador geral de Nova Iorque quer uma indemnização, de valor ainda não determinado, para cobrir todos os danos das vítimas de assédio e abuso sexual.

Assim sendo, a Weinstein Company disse, em comunicado:

“As discussões terminaram sem um acordo assinado e um processo de falência ordeiro é a única opção viável para maximizar o valor que ainda resta à empresa”.

Afastado do Sindicato de Produtores e da Academy of Motion Picture Arts and Sciences, Harvey Weinstein também foi despedido da administração da própria empresa, em outubro. Tardiamente.

Tem Spoiler da volta de The Walking Dead Detalhes sobre as alegações de assédio que pesam sobre Ryan Seacrest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.