A entrevista da Vice com Lily Allen envolveu diversos assuntos, entre selfies ( que não interessam à ela) e uma visão bastante clara a respeito da falta de resultados do movimento #MeToo.  Sobre mudanças geradas depois do movimento, que expôs diversos casos de abuso sexual, Lily disse:

“Mudou? Quem foi preso? Alguém foi para a cadeia? Se Harvey Weinstein fosse acusado de 52 assassinatos, ele estaria preso a esse ponto. Mas não está.

Temos que ser honestos sobre o que julgamos ser aceitável a um nível humano e precisamos começar a punir como isso, ou precisamos apenas parar. Quando as pessoas começaram a falar sobre as coisas do #MeToo, o que eu vi foram vários homens tipo ‘eu não me comporto assim’, quando muitos homens que eu conheço se comportam assim.”

A cantora se prepara para lançar seu quarto disco, em 8 de junho, sob o título de No Shame. Dois singles já foram lançados Higher e Three.

Por que a Playboy saiu do Facebook? Cineminha? Spielberg X Disney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.