Mas calma, não foi o seu Oscar tão suado pelo filme O Regresso. Na verdade, o ator está apenas colaborando com as investigações de um caso de corrupção que envolve a produtora de cinema Red Granite Pictures, que teria financiado  O Lobo de Wall Street com verba de origem ilícita.

Pois foi essa empresa, que presenteou DiCaprio com uma estatueta do Oscar que foi originalmente vencida pelo ator Marlon Brando, como prêmio de melhor ator pelo filme Sindicato de Ladrões (1954). Agora, DiCaprio entrega a estatueta ao governo americano e incia também a devolução de outros itens não identificados que o ator aceitou como presentes para um leilão de caridade e que teve como origem pessoas ligadas ao fundo 1MDB.

Por enquanto, a Red Granite alega que não recebeu receitas ilícitas e continua a operar normalmente.

“A Red Granite está ativamente envolvida em discussões com o Departamento de Justiça destinado a resolver esses processos civis e está cooperando plenamente”

A suspeita é que a empresa esteja envolvida em uma suporta lavagem de dinheiro feita por um fundo de investimento estatal da Malásia. Em julho, a Hollywood Red Granite foi acusada por meio de um processo civil dos EUA de usar 100 milhões de dólares desviados do fundo 1MDB para financiar, em 2013, o filme O Lobo de Wall Street, estrelado por DiCaprio e dirigido por Martin Scorcese.

“O sr. DiCaprio começou a devolver esses itens, que foram recebidos e aceitos por ele com o propósito de serem incluídos em um leilão de caridade anual para beneficiar sua fundação. Ele também devolveu o Oscar originalmente conquistado por Marlon Brando, que foi entregue ao sr. DiCaprio como um presente conjunto da Red Granite para agradecer por seu trabalho em O Lobo de Wall Street.

Ei! Sua Netflix tá mais cara, sabia? Melodrama: O novo álbum da Lorde chegou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.