Agora é fato, depois de toda a investigação sobre o caso de Jussie Smollett, a polícia de Chicago concluiu que o ator encenou um falso crime de ódio contra si mesmo porque estava descontente com seu salário na série Empire, da Fox. Os rumos da investigação mudaram depois que dois suspeitos pelo suposto crime foram apreendidos pela polícia, e em seus depoimentos, esses irmãos nigerianos teriam dado indícios para uma mudança nas investigações.

Na quarta feita a noite o ator foi acusado de conduta desordeira na apresentação de um falso relatório policial, foi liberado na tarde de quinta-feira após pagar US $ 100.000, valor definido em uma audiência no início do dia. O superintendente da Polícia de Chicago, Eddie Johnson, declarou:

“O golpe foi orquestrado porque ele estava insatisfeito com seu salário. Jussie Smollett aproveitou a dor e a raiva do racismo para promover sua carreira.”

“Eu só queria que as famílias de violência armada nesta cidade tivessem tanta atenção”, disse Johnson, olhando para a multidão de repórteres que se reuniram para a conferência de imprensa.

É a mais recente reviravolta em um caso que começou com uma demonstração de simpatia por Smollett depois que os relatórios iniciais do incidente surgiram.

Smollett, que é negro e abertamente gay, disse à polícia que foi vítima de um crime de ódio, afirmando em 29 de janeiro que duas pessoas gritaram declarações homofóbicas e racistas contra ele, espancaram-no, jogaram água sanitária nele e colocaram uma corda no pescoço. Smollett disse que os agressores gritaram foi “este é o país MAGA“, em referência ao slogan da campanha Make America Great Again do presidente Donald Trump.

Concluiu-se que o ataque encenado durou 45 segundos,  e estava fora da vista da câmera de vigilância. Smollett instruiu os dois homens, sendo que um era seu amigo íntimo, a aparecerem para atacá-lo perto de seu apartamento. Eles fingiram a agressão e também colocaram uma corda em volta do seu pescoço e gritaram “Este é o país MAGA”. Smollett pagou U$ 3.500 aos irmãos para encenar o ataque, e foi ele mesmo quem enviou uma carta com linguagem racista e homofóbica para chamar a atenção.

A polícia tem os cheque usado para pagar os irmãos e ainda relatou que as feridas vistas no rosto do ator foram provavelmente feitas por ele mesmo.  O superintendente da Polícia de Chicago, Eddie Johnson falou da sua preocupação pelo desserviço que o episódio causa ao reconhecimento de reais crimes de ódio, que agora poder ser recebidos com desconfiança.

A cobertura da imprensa para o caso foi gigante. O ataque foi assunto para a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, o senador Kamala Harris e foi até mesmo condenado por Donald  Trump. Quinta-feira passada, Smollett foi ao programa Good Morning America e disse que foi “mudado para sempre” pelo suposto ataque e falou contra as pessoas que alegaram que sua história era uma fraude.

Representantes de Smollett divulgaram uma declaração dizendo que planejam montar uma “defesa agressiva”, alegando que o cliente”goza da presunção de inocência, particularmente quando houve uma investigação como essa em que informações, tanto verdadeiras quanto falsas, foram repetidamente vazadas”.

Ontem, Fox emitiu uma declaração sobre o caso:

“Entendemos a seriedade deste assunto e respeitamos o processo legal. Estamos avaliando a situação e estamos considerando nossas opções.”

O portal Deadline conta que Fox estaria cortando cenas do personagem Jamal nas gravações da atual temporada de Empire, inclusive com futuros episódios sendo reescritos, para se diminuir a participação de Smollett.

Donald Trump twitou sobre a descoberta da farsa questionando o impacto dos comentários dele sobre MAGA em seus partidários:

Autores e atores negros se manifestaram contrariando Trump:

“Você nunca terá moral para comentar especialmente quando estamos falando de racismo e comentários perigosos.”

“MAGA não é uma raça.”

 

Atores mexicanos atacam Yalitza Aparicio São Paulo é Carnaval!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.