Ontem o lateral-direito brasileiro Rafinha, do Bayern de Munique, pediu desculpas por ter se fantasiado de xeque árabe com um objeto simulando uma bomba durante a festa de Halloween.

De óculos escuros , com turbante no estilo saudita e carregando um pacote de papelão simulando uma bomba, o jogador de 33 anos festejou com alguns de seus companheiros de Bayern. No Twitter ele escreveu:

“Halloween é uma celebração assustadora com trajes exagerados, não era a minha intenção de irritar ou ferir os sentimentos de ninguém através da minha fantasia.”

No Instagram ele se prolongou:

 

Quem ocupará a cadeira de Moro? Noc, Noc. House of Cards retorna para sexta temporada sem Francis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.