O pai de Michael Jackson morreu ontem, em Los Angeles, aos 89 anos. Teve 10 filhos com a esposa Katherine Jackson, com quem foi casado por 60 anos. Segundo o TMZ, Joe tinha câncer e estava em estado terminal, internado desde junho em um hospital. Outras publicações falam especificamente de câncer de pâncreas de estágio quatro. Como empresário ficou conhecido nos anos 1960 fazer dos filhos o grupo The Jackson 5. Também ficou marcado pelas denuncias dos filhos, que narraram maus tratos e violência física.

Joe reconheceu as acusações, mas nunca se desculpou. Dizia que seus métodos fizeram os filhos terem sucesso e os mantiveram fora da cadeia. Michael Jackson chegou a chorrar, em entrevista concedida à Oprah Winfrey, em 1993, em que revelou ter crescido com medo do pai, que regularmente batia nele com um cinto.

Em seu leito de morte, reconheceu que não fez um bom trabalho como pai. E falou de MJ, falecido em 2009, vitima de parada cardíaca por uma combinação de remédios prescritos por um médico. O arrependimento na forma como tratou o filho surgiu, de acordo com familiares, nos últimos dias de vida:

”Eu falhei com ele… isso custou a vida dele”

”Eu sei que deveria estar lá para Michael. Ele me queria lá e eu falhei com ele. Falhei e custou a vida dele” ( sobre o período da turnê This is It)

 

 

Cineminha! Finalmente, Os Incríveis 2 <3 Tem também Amy Shumer e continuação de Sicário: Terra de Ninguém É de jovem que se começa a ler com amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.