Val Marchiori participou neste domingo do programa Hora do Faro. Ali, contou que entrou com um processo contra o SBT e os apresentadores do Fofocalizando.

“Eu tomei as medidas cabíveis. Os meus advogados entraram [com processo] contra o SBT . Eu abri um processo também contra Leão Lobo, ele [ex-marido], a Lívia Andrade e o Leo Dias. Abri, sim”

“Acho que tudo tem um limite. Quando um jornalista (entre aspas) pega uma matéria que envolve uma briga judicial é porque não tem escrúpulo. Não está imaginando o que faz com a minha família, com os meus filhos”

Isso porque, no início de julho, o programa divulgou uma carta de Evaldo Ulinski, ex-marido de Val Marchiori, na qual ela dizia que ela era uma “prostituta de luxo” e que “teve envolvimento com vários homens em busca de dinheiro”. A assessoria de imprensa do SBT informou que a emissora não irá se manifestar.

Não é a primeira vez que Val se manifesta sobre o acontecido. No Tricotando, programa que apresenta na RedeTV ela já havia dito:

“Estou abalada porque nenhum programa de TV deveria expor a sua vida pessoal de uma forma assim. Todo casamento tem seus rompantes, todos casais têm brigas, coisas ruins e boas. Só tenho a lamentar um programa que se presta a isso por alguns minutos de fama”

Rihanna X Donald Trump: questão das armas e de imigração A briga pelo espólio de João Gilberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.