Eu não sei como é o domingo de vocês, mas o meu tem sido de completa imersão HBO. atualmente temos 3 séries sendo exibidas na sequência, todas boas. Não sei quando vocês vão cruzar com esse vídeo, mas as dicas valem de qualquer forma, pois as séries ficam depois disponibilizadas no HBO Go, para serem apreciadas a qualquer momento. Então, ao invés de pizza e fantástico, te convido para minha maratona do coração, domingo na HBO.

Começo com a segunda temporada de O Jardim de Bronze. Se na primeira temporada tínhamos um pai desesperado em busca de sua filha desaparecida, agora o personagem de Joaquin Furriel, que sempre me faz lembrar o Elijah Wood, tentando estabelecer laços com a garota que ficou 10 anos distante dele. Em paralelo a isso, temos o desaparecimento de um garoto após um incêndio. A mãe busca a ajuda de Fabian, Furriel, para encontrá-lo.

A cada domingo pinga um novo episódio sempre as 9 da noite, ou você pode pegar o acumulado na HBO GO.

Depois, 10:00, me entrego as meninas de Big Little Lies. A música de abertura já me dá aquela sensação gostosa. Na segunda temporada elas estão enfrentando as consequências do que permeia toda a primeira temporada da série. A morte de Perry bate para cada uma de uma forma, e com certeza deixou marcas emocionais principalmente em Bonnie, Zoe Kravitz. A irritante Madeline, vivida por Reese Whiterspoon, enfrenta seu passado de traição, enquanto Renata (Laura Dern) tem a oportunidade seguir causando, numa eminência inclusive de falência! Jane, Shailane Woodley, ganha um love e também revela ao mundo a identidade do pai de seu filho, enquanto Celeste ( Nicole Kidman) luta para esquecer do marido, entender seus traumas e ao mesmo tempo lidar com a sogra, vivida magistralmente por Meryl Streep. Minha novela preferida essa segunda temporada de Big Little Lies.

E as 11:00 horas, queridos, temos Euphoria. A polêmica e adulta, lembrando que é recomendada para 18 anos, série que tem a produção executiva de Drake. Euphoria é inspirada na série de mesmo nome do canal HOT, de Israel. Tem como personagem central Rue, uma menina de 17 anos que passa por ansiedade, bipolaridade, transtorno obsessivo compulsivo e outras questões psicológicas. Para fugir disso usa uma diversidade de tipos de drogas. A garota é vivida por Zendaya, que hoje também vive  Michelle, o interesse romântico da saga do jovem Homem Aranha.  

No contexto, a produção trata de reabilitação, alcoolismo, estupro, bullying, violência e sexo. 

O primeiro episódio teve cena de nu frontal, em um contexto bastante violento. A personagem Jules (Hunter Schafer), é uma menina trans que busca se relacionar com homens mais velhos. Em um encontro, é violentada por um desses homens. A cena conta com um nu frontal do ator Eric Dane, de Grey’s Anatomy. Personagem que também é pai de um jovem que apresentará também seus problemas psicológicos.

O segundo episódio foi também bastante gráfico ao apresentar um bando de moleques nus no vestiário. 

Uma das cenas mais impressionantes da série mostra a viagem de drogas da protagonista que basicamente enxerga a sala de ponta cabeça. tem até um making of que mostra como eles fizeram acontecer:

 

 

 

Uma foto. Enorme tristeza Resposta de Fábio Assunção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.