Aos 16 anos, a ativista ambiental sueca Greta Thunberg repercutiu mundialmente por seu discurso na abertura da Cúpula do Clima, na sede das Nações Unidas. Entre suas falas:

“Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. E ainda assim, eu tenho que dizer que sou uma das pessoas com mais sorte (nesta situação).

As pessoas estão sofrendo e estão morrendo. Os nossos ecossistemas estão morrendo.

Nós estamos vivenciando o começo de uma extinção em massa. E tudo o que vocês fazem é falar de dinheiro e de contos de fadas sobre um crescimento econômico eterno.”

Agora, queridos, as palavras da garota viraram um faixa de death metal. A versão metaleira foi feita pelo youtuber e integrante da banda americana Suaka, John Mollusk, e conta com mais de 4 milhões de plays.

Será que a Greta gostou?

“Vou deixar essa história de mudanças climáticas… De agora em diante vou me dedicar ao death metal”

E ela tem mais motivos para curtir a homenagem: toda a grana arrecadada pela música será direcionada para o Greenpeace. No bandcamp, você consegue ouvir e baixar a faixa com a doação simultânea de 1,50 dólar.

Discurso completo:

“Minha mensagem para os líderes internacionais é de que nós estaremos de olho em vocês.

Isto está completamente errado.

Eu não deveria estar aqui. Eu deveria estar na minha escola, do outro lado do oceano.

E vocês vêm até nós, jovens, para pedir esperança. Como vocês ousam?

Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. E ainda assim, eu tenho que dizer que sou uma das pessoas com mais sorte (nesta situação).

As pessoas estão sofrendo e estão morrendo. Os nossos ecossistemas estão morrendo.

Nós estamos vivenciando o começo de uma extinção em massa. E tudo o que vocês fazem é falar de dinheiro e de contos de fadas sobre um crescimento econômico eterno.

Como vocês se atrevem?

Por mais de 30 anos, a ciência tem sido muito clara. Como vocês se atrevem a continuar ignorando isto?

E como se atrevem a vir aqui e dizer que estão fazendo o suficiente? Quando sabemos que as políticas e as soluções necessárias não são sequer vistas?

Vocês dizem que estão nos escutando e que compreendem a urgência (deste tema).

Mas não importa tão triste e furiosa eu esteja, eu não quero acreditar no que dizem. Se vocês realmente entendem o que está acontecendo e continuam falhando em agir, vocês seriam um mal. E eu me recuso a acreditar nisso.”

 

Paula Lavigne, cidadã no Brasil, posta foto de biquíni Cineminha? Quem enfrenta o Coringa essa semana?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.