Fernanda Lima está processando a jornalista Fabíola Reipert e a Record. A acusação é de que a jornalista e a emissora ofendem sua honra por meio de uma “perseguição desmedida”.

A informação é de Maurício Lima, na coluna Radar da Veja. As ofensas apontadas pela atriz? Adjetivos como “cara de morta”, “azedinha” e “puxadora de tapete”.

A briga não é de hoje. Tem tempo que as duas não se bicam. A própria Fabíola já comentou o caso aqui no Morning, em 2015:

É treta anunciada:

Eis que mulheres podem dirigir... Na Arábia Saudita Free The Pimple: aceite suas espinhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.