Sou fã da Fernanda Gentil. E vendo esse vídeo dela empolgada com a Copa eu até quero acreditar! Neste domingo, saiu uma entrevista da apresentadora no Jornal Extra, na qual fala da vontade de ter um filho com sua companheira, a jornalista Priscila Montandon.

Vocês bem se lembram que Fernanda declarou esse amor no fim de 2016, e agora as duas já moram juntas e pensam em aumentar a família:

“Estamos morando juntas há um mês, ela me ajuda muito com os meninos [seus dois filhos], abraçou a causa, comprou o pacote total. Tenho muito amor pra dar, vontade de educar, deixar mais uma parte minha neste mundo pra tentar mudá-lo pra melhor. Priscila também quer. Pode ser adotando, congelando óvulo, fazendo inseminação ou fertilização. Queremos criar um serzinho nosso juntas”

Fernanda já é mãe do Gabriel, de 2 anos e de Lucas, 10 anos, que é seu afilhado, mas perdeu a mãe quando o garoto tinha um ano e desde de então é criado por ela. A apresentadora falou de como foi a reação da Globo quando ela decidiu assumir o namoro com uma outra mulher.

“Falei com o meu superior direto, ele levou a notícia para a direção e retornou em cinco minutos: ‘Está tudo bem, todo mundo avisado, #somostodosmodernos’”.

Na cada da apresentadora também não foi diferente:

 “Lá em casa, nunca foi proibido amar. Nunca foi proibido negro, branco, magro, gordo, mulher com mulher, homem com homem. Priscila foi a primeira, única e última mulher da minha vida. De início, eu me vi encantada pelo interior dela: o caráter, a integridade, os valores. Só depois me dei conta: ‘Putz, isso tudo veio numa carcaça de mulher’.”

Sobre a reação nas redes sociais, aquele buraco negro, Fernanda comentou:

“Nem Jesus Cristo nem Neymar são unanimidade, quanto mais eu! Claro que todo mundo tem a vaidade de querer ler ou ouvir um carinho, mas os julgamentos alheios não me afetam. Internet é terra de ninguém. Eu só bloqueio quando perdem o respeito ou mandam cantadas pornográficas. Podem me chamar de sapatão, falar que eu estou feia, que eu não ligo. Agora, não critiquem o meu caráter nem o cuidado que tenho com os meus filhos, que são a prioridade máxima da minha vida”

 

 

Que horror, brasileiros. Que horror. As mortes de Tupac, Notorious Big e do rapper XXXTentacion

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.