Foi na noite desta quinta que o porta-voz na Marinha da Argentina afirmou que apesar de seguirem as buscas do submarino ARA San Juan, foi detectada uma explosão que teria ocorrido horas depois do último contato com a base, em 15 de novembro, exatamente na região da rota sugerida ao submarinho.

Essa explosão foi detectada por satélites da Áustria e dos Estados unidos, e não foi informado desde quanto a marinha tinha essa informação… Os familiares dos 44 tripulantes foram informados e como vocês podem imaginar, o pessimismo e a desconfiança tomaram conta.

Itatí Leguizamón, advogada e esposa de German Suarez, responsável pelo sonar do San Juan resumiu o sentimento dos demais:

“Eu me sinto enganada, como assim, dizem que descobriram agora? Eles são perversos, eles nos manipularam. Eles não nos disseram que estão mortos, mas dizem que o submarino está a 3.000 metros de profundidade; o que podemos entender?”

Foi também Itatí quem levantou uma outra questão:

“Fizeram uma busca para parecer que se esforçaram, mas enviaram uma m… para navegar, que já havia tido problemas em 2014, quando não conseguiu emergir”

O porta-voz Enrique Balbi explicou, em uma coletiva de imprensa que seguem as buscas, agora direcionadas para o local onde a explosão foi detectada. Seis embarcações estão realizando uma varredura no fundo do mar na região que tem profundidades que variam de 200 a 2 mil metros. O apoio às buscas inclui aviões, navios e 4 mil homens, em uma colaboração entre Argentina, Brasil, Alemanha, Canadá, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Noruega, Peru, Grã-Bretanha e Uruguai.

Existe a esperança de se encontrar sobreviventes mesmo com a possibilidade da explosão, e médicos estão entre as equipes de apoio para prestar socorro se necessário.

PERGUNTA: Como ficam House of Cards e Transparent? Anitta X Pink: Os clipes são mesmo parecidos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.