Desde 1960, o Brasil indicou 43 longas-metragens brasileiros para tentarem uma vaga na categoria de melhor filme estrangeiro na premiação do Oscar. Apenas 4 filmes conseguiram indicações, sendo eles O Pagador de Promessas, O Quatrilho, O Que é Isso, companheiro? e Central do Brasil. Nenhum deles ganhou.

Ai você diz, mas e Orfeu Negro? O filme era ítalo-franco-brasileiro, e apesar de rodado no Brasil, pelo diretor francês Marcel Camus,  ganhou o Oscar com prêmio concedido a França.

O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias foi pré-indicado ao prêmio, dentre os 63 filmes inicialmente inscritos o filme brasileiro ficou entre os 9 mais votados pela Academia, sem emplacar entre os 5 finalistas.

Nosso maior sucesso é Central do Brasil, que no Oscar de 1999, além de indicado a melhor filme estrangeiro recebeu também uma indicação na categoria de melhor atriz pela atuação de Fernanda Montenegro.

Em 2003, esnobaram Cidade de Deus… Dizem que foi a violência… Em 2004, a Academia mudou de opinião e Cidade de Deus concorreu a 4 categorias no Oscar: Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição e Melhor Fotografia. Não ganhamos nada.

A lista de 16 filmes desse ano incluiu:

A Bruta Flor do Querer – Andradina Azevedo, Dida Andrade
A Despedida – Marcelo Galvão
Aquarius – Kleber Mendonça Filho
Até que a Casa Caia – Mauro Giuntini
Campo Grande – Sandra Kogut
Chatô: O Rei do Brasil – Guilherme Fontes
Mais Forte que o Mundo: A História de José Aldo – Afonso Poyart
Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil – Belisário Franca
Nise: O Coração da Loucura – Roberto Berliner
O Começo da Vida – Estela Renner
O Outro lado do Paraíso – André Ristum
O Roubo da Taça – Caíto Ortiz
Pequeno Segredo – David Schurmann
Tudo Que Aprendemos Juntos – Sérgio Machado
Uma Loucura de Mulher – Marcus Ligocki Júnior
Vidas Partidas – Marcos Schechtman

Hoje, foi escolhido o filme  Pequeno Segredo. A produção ainda passará pelo processo seletivo da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação norte-americana, para então conquistar uma vaga entre os indicados ao Oscar. Tem algumas pré listas que devem sair ainda este ano, e caso nosso filme vingue, em 24 de janeiro estará entre os indicados oficiais ao Oscar 2017. Entre 13 e 21 de fevereiro, os membros da Academia deverão votar nos seus favoritos entre os indicados. E a cerimônia de premiação do Oscar 2017 acontecerá mais uma vez em um domingo, no dia 26 de fevereiro.

Escolhidos nos anos anteriores:

Que Horas ela Volta?, de Anna Muylaert (2016)

Hoje eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro (2015)

O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (2014)

O Palhaço, de Selton Mello (2013)

Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora É Outro, de José Padilha (2012)

Lula, o Filho do Brasil, de Fábio Barreto (2011)

Salve Geral, de Sérgio Rezende (2010)

Última Parada 174, de Bruno Barreto.

Game of Thrones fez a rapa no Emmy Sobre Pequeno Segredo, o filme brasileiro que vai tentar uma indicação no Oscar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.