Ontem o Facebook tornou público um bug que mudou automaticamente as configurações da área de privacidade, trocando de Amigos para Público a permissão para visualização das postagens. É como se um provedor de e-mail enviasse uma mensagem que você direciona para uma pessoa, para todas da sua lista de endereços. Não pode, e vai contra uma das principais argumentações da empresa, de que coloca as questões de privacidade nas mãos do usuário.

14 milhões de pessoas foram atingidas pelo bug, e tiveram post e fotos que gostariam de dividir apenas com seus amigos, expostos para todos os usuários do Facebook entre os dias 18 a 27 de maio. A empresa percebeu a falha e a reparou em 22 de maio, mas a medida só impactou todos os usuários afetados depois de cinco dias. De acordo com eles, todos prejudicados foram advertidos com uma notificação.

Um outra implicação dessa falha é mais uma vez prejudicar o Facebook como um espaço confiável para seus usuários. Em março desde ano, a Cambridge Analytica se beneficiou do conhecimento de dados de 87 milhões de usuários da rede. Proliferação de fake news, impacto nas eleições americanas e falta de confiabilidade dos usuários…

Mark Zuckerberg está no olho do furacão. Já teve de comparecer ao Congresso Americano e ao Parlamento Europeu para se explicar, principalmente responder à questões sobre o tratamento aos dados pessoais dos usuários.

Na União Europeia inclusive, uma nova legislação de proteção de dados pessoais, ativa desde 25 de maio, obriga as empresas a comunicarem os consumidores imediatamente quando existem falhas de segurança. Assim, alguns acreditam que a rede social pode até ser punida por ter demorado a revelar o problema. As sanções podem chegar a 4% da receita anual global da companhia.

Cineminha? Minas girl power, filme nacional interessante e um espacinho para um trailer ( te amo, Lady Gaga) A triste despedida de Anthony Bourdain

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.