O Canal Genius colocou as canções lado a lado, e ouvindo você pode bem tirar suas próprias conclusões.

Pois é… Ed Sheeran está sendo acusado de plágio pela empresa Structured Asset Sales que abriu um processo de 100 milhões de dólares afirmando que Thinking Out Loud é uma cópia de Let’s Get It On, de Marvin Gaye.

Let´s Get It On foi escrita por Gaye e Edward Towsend em 1973. Com a morte de Towsend em 2003, a Structured Asset Sales comprou um terço dos direitos autorais da música. A empresa alega que Sheeran usou a mesma melodia, ritmo, harmonia, batida, linha de baixo, backing vocal, andamento, síncope e loop de Let’s Get It On.

A família de Towsend já havia movido processo conta Sheeran pelo mesmo motivo. Já a família de Marvin Gaye ainda não se manifestou.

No ano passado, o britânico Ed Sheeran fechou um acordo com os dois compositores que o acusavam de plágio.

Pois basta você ouvir a canção original, sem nenhuma pista, para entender de qual música de Sheeran que estamos falando ( se quiser rapidez vá direto em 0:47)

E que alguém não me diga que Photograph é muito parecida… Pula para 1:11.

 

Martin Harrington e Thomas Leonard, autores da canção Amazing, que vocês ouvem no primeiro vídeo interpretada por Matt Cardle, apresentaram em junho de 2016 a denúncia em um tribunal de Los Angeles. Eles foram bastante específicos em demonstrar que a música de Ed Sheeran tinha 39 notas idênticas e de fácil reconhecimento, e exigiam US$ 20 milhões como indenização. Agora, não sabemos quanto de fato foi pago, levando-se em consideração que Photograph, composta por Johnny McDaid e Ed Sheeran é um grande sucesso do cantor… Apenas no youtube são mais de 325 milhões de reproduções.

Direto do Sofá: Todos devem ver a divertida e emocionante Queer Eye O Reencotro da brasileira afastada do filho na fronteira Estados Unidos/México

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.