A primeira versão de King Kong pode ser vista nos cinemas em 1933, e é tida como um marco tecnológico na história, e uma revolução no que se definiu como cinema entretenimento. O uso de stop motion e ilusão ótica pode convencer a audiência da existência daquele enorme gorila. Depois tivemos O Filho de King Kong (1933), King Kong (1976, remake com Jeff Bridges e Jessica Lange) e King Kong 2 (1986), até finalmente chegarmos em King Kong, assinado pelo diretor Peter Jackson ( O Senhor dos Anéis), lançado em 2005. Desta vez, a trama começa em 1944, quando durante a Segunda Guerra Mundial dois aviões, um americano e outro japonês, são abatidos em combate deixando os pilotos sobrevivem em uma ilha desconhecida no Pacífico Sul. Por lá, seguem em batalha até vislumbrarem o tal macaco gigante, Kong. Pulando para 1973, Bill Randa (John Goodman) consegue a verba para montar uma expedição à tal ilha, acreditando que por lá existam monstros, e à procura de provas disso. A expedição reúne militares, liderados pelo coronel Preston Packard (Samuel L. Jackson), o rastreador James Conrad (Tom Hiddleston) e a fotógrafa Mason Weaver (Brie Larson).

VÍDEO NOVO SEMPRE DEPOIS DO CINEMA

Quer me indicar alguma coisa? Me procure

@pcarvalhojp (Twiter) Snap e Insta pcarvalhojp

Podcast Direto do Sofá- jp.com.br/diretodosofa

Forbes divulga a lista dos mais ricos do mundo American Crime Story: Terceira temporada contará com Penélope Cruz no elenco

One thought on “DEPOIS DO CINEMA: Kong, a Ilha da Caveira”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.