No Instagram, Monica Iozzi publicou:

Viva Moro! Tenho certeza que assim que Temer, Aécio e Alckmim perderem o foro privilegiado, ele prende os três! Ah! E o Serra também! O ex-presidente da Odebrecht disse pra Lava-Jato que deu 52 milhões de reais pro José Serra. Certeza que o Moro vai mandar prender o Serra também. O Lula foi só o primeiro. Olha só o estardalhaço que fizeram pra prender o Lula! De boa… Imagina 52 milhões do Serra na Suíça, velho!!! Agora o Moro vai pegar todo mundo, vocês vão ver… Ufa! To indo dormir tranquila, esse cara + o STF vão acabar com a corrupção no Brasil. Honestos, imparciais, nossos heróis! Juro que até o ano que vem tá todo mundo na cadeia. Afinal de contas, primeiro a gente tirava a Dilma, né? Agora vai!

Uma publicação compartilhada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em

Emicida usou o Twitter:

Patricia Pillar também declarou seu apoio à Lula compartilhando um diálogo de Jucá e Machado

Pra não esquecer…

Uma publicação compartilhada por Patricia Pillar (@patriciapillaroficial) em

O Luiz Carlos Bresser Pereira postou textão no Facebook em que diz acreditar que o processo judicial contra Lula e a prisão pedida, foi “dupla injustiça”. O ex-ministro (ministro da Fazenda do governo Sarney e ministro da Administração e Reforma do Estado e da Ciência e Tecnologia no governo FHC) defendeu uma união político-eleitoral no que ele chamou de centro-esquerda, em torno da pré-candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República.

“O grande líder político foi vítima de uma injustiça dupla. Primeiro, por ter sido condenado sem qualquer prova digna desse nome. Segundo, porque seu habeas corpus não foi aceito não obstante a prisão depois de condenação em segunda instância ser inconstitucional. Nesse sentido, o voto da ministra Rosa Weber foi patético. Reconheceu a inconstitucionalidade, mas decidiu ficar com “a jurisprudência do tribunal”.”

Danilo Gentili comemorou o decreto de prisão com o twitte do próprio ex presidente:

 

https://twitter.com/AnaPaulaVolei/status/982091933118943232

Roger Moreira, do Ultraje, também comemorou:

Antes de decretada a prisão de Lula, um post da advogada Rosângela Moro no Instagram deu o que falar. Sim, ela é mulher do juiz federal Sergio Moro. Uma foto de Rosa Weber, acompanha de texto que celebrava o voto da ministra do Supremo Tribunal Federal , contra a concessão de habeas corpus preventivo ao ex-presidente Lula.

Na legenda “Coerência é tudo”, “mil rosas para Ministra Rosa”. foram mais de mil curtidas, muitos comentários e um tardio apagar.

Rosa Weber foi considerado decisivo. A quinta a votar na sessão, seguiu o voto do relator e rejeitou o habeas corpus e disse respeitar o entendimento vigente firmado pelo STF.

” Vozes individuais vão cedendo em favor de voz institucional objetiva, desvinculada das diversas interpretações jurídicas colocadas na mesa para deliberação.”

 

Direto do Sofá: Michel Arouca analisa O Mecanismo Jalena: Separados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.