O Ministério da Saúde informou em nota oficial:

Ainda realizou o exame específico para SARS-CoV2 (RT-PCR, pelo protocolo Charité), conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Com resultados preliminares realizados pela unidade de saúde e de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o Hospital Albert Einstein enviou a amostra do exame para o laboratório de referência nacional, Instituto Adolfo Lutz, para contraprova.

O resultado, de acordo com a Folha, registrou positivo, confirmando este como o primeiro caso de coronavírus em um país da América Latina, vírus responsável pela morte de 2.708 pessoas no mundo. Noticiados pela imprensa, deve agora ser informado pelo Ministério da Saúde.

O paciente é um homem de 61 anos, residente em São Paulo/SP. Traz o histórico de viagem para a Itália, na região da Lombardia (norte do país), à trabalho, sozinho, no período de 09 a 21 de fevereiro. Ele iniciou com sinais e sintomas (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza) compatíveis com a suspeita de Doença pelo #Coronavírus 2019 (COVID-19). O paciente está bem, com sinais brandos e recebeu as orientações de precaução padrão.

O homem esteve na Itália a trabalho (do dia 9 a 21 de fevereiro), exatamente quando houve mais de 220 casos registrados no país europeu. Até esta quarta, mais de 320 pessoas foram infectadas e 11 morreram na Itália. Acredita-se que o aumento no número de casos possa ter relação com falhas de procedimento em um hospital na região de Milão, onde foi internado o paciente considerado “número um”, segundo informações do primeiro-ministro Giuseppe Conte.

A Secretaria Municipal da Saúde da cidade de São Paulo e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo estão realizando a identificação dos contatos no domicílio, hospital e voo, com apoio da Anvisa junto à companhia aérea.

Todas as ações e medidas seguidas estão de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde e da OMS e diariamente atualizações são informadas em coletivas e boletins epidemiológicos. Mais informações, acesse saude.gov.br/coronavirus.

Esta manhã, antes da confirmação do caso, o Dr Jean Gorinchteyn, infectologias do Emílio Ribas falou sobre todos os procedimentos que estão sendo tomados pelas autoridades de saúde em relação ao primeiro caso no Brasil:

 

 

Kobe <3 A despedida emocionante Cineminha hoje? 3 ótimos filmes para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.