Vamos começas por Ad Astra? Muita expectativa por esse filme que tem um pezinho brasileiro através da produtora RT Features, de Rodrigo Teixeira. Na direção James Gray, que nos anos 1990 apareceu forte, levando o Leão de Prata do Festival de Veneza pelo filme Fuga para Odessa. São dele também os filmes Z: A Cidade Perdida (2017), Era Uma Vez em Nova York (2013), Amantes (2008),   Os Donos da Noite (2007) e Caminho sem Volta (2000). protagonizado por Brad Pitt, Ad Astra conta a história de Roy McBride (Pitt),  um engenheiro espacial escalado para cruzar a galáxia e tentar descobrir o que aconteceu com seu pai, um astronauta que se perdeu há vinte anos no caminho para Netuno. Como vocês bem podem imaginar haverá espaço sideral, mas também relações humanas exploradas na trama. Também no elenco, Liv Tyler.

Predadores Assassinos é cinema pipoca tensão que eu quero ver SIM! Pensa: estamos na Flórida, onde está rolando uma evacuação de uma cidade que será atingida por um furacão. A garota Haley, vivida por Kaya Scodelario (Maze Runner), resolve passar na casa do pai para ver se ele está bem… E queridos, ele não tá nada bem, Foi mordido por um enorme jacaré! E como se não bastassem os enormes monstrinhos invadindo as residências, tem ainda um outro fator: a água tá subindo, inundando as casas e facilitando para os bichos. Ah, que luta! Fugir dos jacarés gigantes todos que invadem as casas. Loucura! O diretor é Alexandre Aja (Viagem Maldita, Espelhos do Medo)

Hebe – A Estrela do Brasil chega aos cinemas trazendo Andréa Beltrão na pele da apresentadora, com foco na década de 80, quando Hebe passa a tomar a rédias da própria carreira e, em meio a críticas machistas, marido ciumento (Marco Ricca) e chefes poderosos, se consagra como profissional e mulher admirada por todo Brasil. Importante ressaltar que partimos de uma mulher de quase sessenta anos de idade, mais de quarenta de carreira na televisão e no rádio. O país saia de um longo período de ditadura, e em seu programa ao vivo, Hebe tratava do seu jeitinho de temas relacionados à política, sexualidade, racismo e feminismo.

Entre os personagens que pontuam a história temos Roberto Carlos (Felipe Rocha), Dercy Gonçalves (Stella Miranda), Chacrinha (Otávio Augusto) e Silvio Santos (Daniel Boaventura).

Coringa provoca discussão sobre violência Quem é a zebra mais gorda na mira de Abraham Weintraub?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.