Sim! finalmente poderemos ver 1917, filme que já ganhou um série de prêmios e que está indicado em 10 categorias ao Oscar, inclusive as categorias de Melhor Direção, para Sam Mendes, e melhor filme. Muitos apostam que é o franco favorito. O drama venceu o Globo de Ouro exatamente nessas categorias.  Sam Mendes faz um trabalho minuncioso de direção, ele responsável por outra produção premiada Beleza Americana (Oscar em 2000), e por produções como Estrada para Perdição, 007 – Operação Skyfall e 007 Contra Spectre. 1917 também foi escolhido como o mlehor filme pelo sindicado dos produtores, que em 30 anos, prenunciou 21 vezes o real vencedor do Oscar. O filme trata da história de dois soldados britânicos em um momento crítico da Primeira Guerra. Eles devem cruzar o território inimigo para entregar uma mensagem que salvará centenas de vidas. Outro detalhe interessante é como 1917 foi filmado,  de forma a parecer ter sido em um único plano-sequência, sem cortes.

A Universal Pictures produziu vídeos especiais com o professor e historiador Leandro Karnal. A série aborda o que foi a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), as mudanças que ocorreram após o seu fim e a importância do ano 1917 para a história como um todo.

O novo filme de Tom Hanks chega aos cinemas com um trailer que de cara me faz chorar. Tom interpreta Fred Rogers, o criador do Mister Rogers’ Neighborhood, um programa infantil de TV muito popular nos Estados Unidos na década de 1960.  O filme foca em um episódio, quando em 1998,  um jornalista investigativo, interpretado por Matthew Rhys, aceita escrever o perfil de Rogers para a revista Esquire.

Sabe quem também chega com filme novo? Pois é a senhora Larissa Manoela, que fechou contrato de 3 anos com a Netflix e agora estreia com Modo Avião. O filme tem direção de César Rodrigues (Vai que cola, Minha mãe é uma peça 2). Larissa vive uma influenciadora digital, uma blogueira da moda, super dependente das redes sociais. Viciadinha que é, acaba percebendo o quanto isso é prejudicial a sua vida. É ai que os pais da garota tomam uma atitude radical, lhe confiscam o celular e mandam a menina para uma temporada de detox digital no sítio do avô, interpretado por Erasmo Carlos.

Lênin eterno? O julgamento de Harvey Weinstein

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.