Eita que dá pra ir umas 3, 4 vezes ao cinema sem sair infeliz nesse final de semana. Temos finalmente a estreia de Pantera Negra, o filme de herói que fez a crítica especializada gritar em coro: UAU!

Após a morte do rei T’Chaka, o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. A situação do reino é complicada, temos cinco tribos rivais que vivem em acordo através da figura do Pantera Negra, herói que é com habilidades como a velocidade, inteligência e os sentidos apurados. Também existe um desvio do ideal nessa história, quando logo na introdução descobrimos alguém vendia um valioso metal chamado Vibranium ilegalmente. Na figura do vilão Killmonger, vivido por Michael B. Jordan vocês reconhecerão questões bastante familiares como o incentivo a repressão militar, atitudes xenofóbicas e racistas, e é por isso que um dos comentários recorrentes a respeito do filme é de que ele não teve medo de ser politizado. No elenco também temos Lupita Nyong’o, como Nakia, a paixão do atual Pantera Negra, mas que se recusa a se tornar rainha, ela será uma das muitas aliadas do heróis. Sim, as mulheres tem papel fundamental no filme.

Fique de ouvidos abertos para a trilha sonora, assinada por  Kendrick Lamar,

Com 7 indicações para o Oscar 2018, Três Anúncios Para Um Crime deve levar pelo menos a estatueta de melhor atriz para Frances McDormand. O filme conta a história da sua personagem, Mildred Hayes, que inconformada com o fato da polícia não avançar na investigação da morte brutal de sua filha, resolve chamar atenção para o caso alugando três outdoors em uma estrada, causando repercute em toda a cidade. O delegado Willoughby é um dos mais afetados pela exposição inesperada , ele interpretado por Woody Harrelson.

LadyBird – A Hora de Voar também chega aos cinemas do Brasil. A trama concorre ao Oscar nas categorias de melhor filme, melhor roteiro original, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante e ainda em melhor direção, tendo Greta Gerwig como única mulher na disputa da categoria. A história de uma menina, interpretada por Saoirse Ronan, que está no último ano do ensino médio, vivendo as típicas situações da idade, tipo primeiro namoro e tal, e projetando viver sonho na universidade que escolheu, determinada e sob a alcunha de LadyBird e passando por infindáveis debates  com a mãe, interpretada por Laurie Metcalf.

Eu, Tonya tem duas indicações ao Oscar, nas categorias de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante, na qual Allison Janney pode se dar bem. No filme, Margot Robbie interpreta a atleta de patinação artística no gelo, Tonya Harding que ficou conhecida como vilã, envolvida no ataque contra a também patinadora Nancy Kerrigan. O filme é baseado em fatos reais e conta a história de Tonya, a relação com a mãe, altos e baixos na carreira e a história dela com Jeff Gillooly, que culminou neste bizarro episódio de agressão.

Ser ator, ser atleta e gay: Luis Miranda fala da sua experiência e atletas se manifestam durante os Jogos Olímpicos de Inverno Advogado de Trump pagou a moça, mas não revela o motivo do depósito de 130 mil dólares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.