A Pé Ele Não Vai Longe é a minha escolha da semana <3 Sim, é o novo filme de Joaquin Phoenix, e isso já é motivo o bastante. Tem Rooney Mara, tem Jonah Hill e até Jack Black. Na direção, Gus Van Saint, dos ótimos Gênio Indomável e Milk: A Voz da Igualdade.  A história é real, e conta como o quadrinista John Callahan enfrentou o alcoolismo, que em dado momento da sua vida o colocou em um acidente que o fez perde o movimento das pernas. É nessa circunstância, tentando se livrar do vício em álcool, que começam a surgir os desenhos de quadrinhos irônicos, que mexem com temas como racismo, sexualidade e a própria deficiência.

Caso você se apaixone por essa história e queira saber mais, busque o documentário Touch Me Someplace I Can Feel.

O segundo filme é um dinamarquês chamado Culpa, que foi apresentado na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Na história temos um policial que atende chamados de emergência na delegacia. Ele vai receber a chamada de uma mulher que foi sequestrada e se verá envolvido tentando resolver essa situação. Me lembrou um filme bastante legalzinho com a Halle Berry, que se chama Chamada de Emergência.

Era Uma Vez Um Deadpool é um desafioA ideia foi tirar aquela carga que faz o filme ter uma classificação etária para maiores de 16, para adequar o filme para a classificação 13 anos. Para isso,  pegar o ator Fred Savage, o Kevin Arnold, de Anos Incríveis, para contar a história.

Tsunami na Indonésia Será que teremos um filme interativo de Black Mirror nesta sexta? (ATUALIZADO. TEREMOS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.