Ben Afleck está escrevendo e vai protagonizar e dirigir o próximo filme do Homem Morcego, The Batman. Pois hoje ele chega aos cinemas brasileiros em O Contador.

O filme, que estreou semana passada nos Estados Unidos ficou no topo das bilheterias  superando as projeções de faturamento, e alcançando US$ 24,7 milhões em seu fim de semana de estreia, quase que o dobro de grana obtida pelo segundo lugar, a comédia Kevin Hart: What now?. Quer saber da sinopse?

Christian Wolff (Ben Affleck) é um portador da Síndrome de Savant com mais afinidade por números do que por pessoas. Tendo um escritório de contabilidade em uma cidadezinha como fachada, ele trabalha como contador autônomo para algumas das mais perigosas organizações criminosas do mundo. Com o Departamento Criminal do Ministério da Fazenda, coordenado por Ray King (J.K. Simmons), começando a fechar o cerco, Christian aceita um cliente legítimo: uma empresa de robótica de última geração onde uma assistente de contabilidade (Anna Kendrick) descobre uma discrepância envolvendo milhões de dólares. Porém, conforme Christian desvenda os registros e se aproxima da verdade, a contagem de corpos começa a subir.

O filme não foi caro, saiu por US$ 40 milhões. Tem Gavin O’Connor (A Casa de Vidro) na direção e Bill Dubuque (O Juiz) no roteiro .

Quer relembrar as últimas ótimas bilheterias de Affleck? Garota Exemplar (2014) juntou US$ 369 milhões em todo o mundo. Em 2012, Argo levou o Oscar de Melhor filme e embolsou US$ 232 milhões. E ainda teve Atração Perigosa (2010), com US$ 154 milhões. Alguém duvida do poder do cara?

Outra estreia bastante interessante desta semana reúne Colin Firth, Jude Law e Nicole Kidman. O Mestre dos Gênios 

O drama trata da  amizade e da transformadora relação profissional entre o famoso editor de livros Maxwell Perkins (que entre outros feitos, descobriu os escritores F. Scott Fitzgerald, retratado na produção por Guy PearceErnest Hemingway, no filme interpretado por Dominic West ) e o gigante literário Thomas Wolfe. O importante romancista do início do século XX. Escreveu quatro longos romances, além de contos, trabalhos dramatúrgicos e novelas. Seus livros, escritos e publicados dos anos 20 aos anos 90, refletem principalmente sobre a cultura americana. É considerado um dos primeiros mestres de ficção autobiográfica, tendo influenciado o autores como Jack Kerouac, Ray Bradbury e Philip Roth. O filme parte da publicação de seu primeiro livro, Look Homeward, Angel (1929) .

Também temos a estreia do terror Ouija. Qualquer principiante sabe bem que Ouija é nome do tal jogo do copo, aquela tábua que reúne letras e algumas expressões e que teoricamente serve de canal para nos comunicarmos com os espíritos. O trailer é super auto explicativo:

O que começa como uma farsa para arrancar dinheiro de clientes céticos, se torna um terrível pesadelo quando Doris, a caçula da família, é possuída por espíritos malignos. O suspense Ouija – Origem do Mal é uma sequência, do longa Ouija – O Jogo dos Espíritos lançado em 2014. A história se passa na década de 80, anos antes do filme anterior. O diretor é diretor Mike Flanagan.

 

 

One Dance, a música mais tocada na história do Spotify Vem espiar o trailer de ELIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.