Vamos de Atômica? O filme de ação e espionagem protagonizado por Charlize Theron focou na divulgação com os famosos. Teve até sessão com Anitta e Pabllo Vitar. A história acontece durante a Guerra Fria, quando a agente secreta do MI-6 Lorraine Broughton (Charlize Theron) investiga o assassinato de um espião da agência. Ela encontra provas de que o agente morto negociava a revelação de nomes de seus colegas que trabalham disfarçados. Lorraine precisa então reaver essa lista e impedir a morte de mais espiões. No elenco, também o ótimo James McAvoy. A trilha sonora é delícia.

A estreia nacional Como Nossos Pais chega embalada em prêmios. O filme fez sua estreia no Festival de Berlim, ganhou o Prêmio do Público no Festival de Cinema Brasileiro de Paris e fez a rapa no Festival de Gramado, levando seis Kikitos (Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Montagem). A história é de Rosa personagem de  Maria Ribeiro, mãe de família daquelas que tenta dar conta de tuuuuudo ao mesmo tempo agora. Acontece que em um almoço de domingo, sua mãe revela que o pai da garota não é quem ela imaginava ser, e essa revelação faz Rosa questionar sua identidade e relação com todos ao seu redor. No elenco temos Clarisse Abujamra, Paulo Vilhena, Cazé Peçanha, Jorge Mautner e Herson Capri, com direção de Laís Bodanzky ( Bicho de Sete Cabeças), que também assina o roteiro ao lado de Luiz Bolognesi. O filme também já está inscrito para concorrer como candidato brasileiro ao Oscar. A lista dos primeiros selecionados será divulgada em 15 de setembro.

Dica de documentário pra vocês também! David Lynch: A Vida de um Artista estreia trazendo informações, relatos e documentos que descrevem a pessoa e a obra de David Lynch, um dos diretores mais enigmáticos do cinema, e por que não da televisão. Não se esqueçam que estamos vivendo uma nova e elogiada temporada de Twin Peaks. Lynch fala sobre a infância, a família e artes plásticas até chegar na transição para o cinema e seu  primeiro longa, “Eraserhead” (1977). Claro que narrativa acompanha outros lançamentos de sucesso do diretor. Será Lynch é tão estranho quanto aquilo que consegue pintar em seus filmes?

DEPOIS DO CINEMA ( EM CASA) : What happened to Monday Direto do Sofá – Game of Thrones: como foi a 7ª temporada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.