Eita que a mistura das dicas deu num título bem louco. Vamos começar pelas poderosas de As Viúvas? Direção de Steve McQueen, vencedor do Oscar por 12 anos de Escravidão, e tendo como co-roteirista da autora de suspense do momento Gillian Flynn ( de Garota Exemplar e da série Sharp Objects), o filme reúne ainda um elenco primoroso que inclui Viola Davis, Michelle Rodriguez, Neeson, Colin Farrell, Robert Duvall e Daniel Kaluuya, entre outros. Este thriller cheio de ação conta a história de quatro mulheres bastante diferentes, mas com algo em comum: uma dívida deixada pelas atividades criminosas de seus maridos mortos. A trama é uma adaptação da série britânica As Damas de Ouro (1983), que por sua vez foi inspirada pelo livro de mesmo título, escrito por Lynda La Plante.

 

Vamos roubar dos mais ricos para dar aos mais pobres? Sim, um novo Robin Hood chega às salas de cinema. Robin Hood – A Origem conta com a produção executiva de Leonardo Di Caprio, que não está no filme. Tem claro que a mesma tônica da história original, mas pelo trailer vemos que nosso herói tá com visual atualizado, menos da mata, mais black block. Depois de Sean Connery, Kevin Costner e Russell Crowe fazerem as vezes do personagem, nesta produção quem assume o arco e flecha é Taron Egerton , numa versão xxxxovem de Robin, meio pré Hood.  Ele retorna das Cruzadas, e vê que meio perdeu tudo que tinha, inclusive seu love Marian (Eve Hewson)… E é ai que cai a ficha pra ele de se juntar com os que precisam para fazer justiça, mesmo que usando a força.

 

Terrorzinho pra fechar? Vamos, né? Cadáver! Ótimo nome de filme de terror, ótima carinha de monstro no poster! Pensa nessa história: uma policial reformada que tá tendo uns probleminhas na vida… Talvez um viciosinho em remédio? Talvez. Pois eis que pra pagar por um tratamento que a zerou, ela vai ter que prestar serviços comunitários em um hospital, na verdade um necrotério, vai, vamos falar a verdade aqui. Pois ali, em uma bela noite infernal, ela terá de documentar a chegada do cadáver de uma garota, que morreu enquanto se performava um exorcismo nela. Medo, hem? E não sei se vocês sabem, mas eu me informei sobre isso no trailer, quando um exorcismo não é concluído… O demônio procura um outro corpo pra encarnar. Genteeeeeeeeeeee! Faz sentido? Ou quando se morre, se morre mesmo?

Bohemian Rhapsody e seu compromisso com o LIVE AID Sabrina Sato e Duda Nagle celebram a chegada de Zoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.